sicnot

Perfil

Mundo

Morreu antigo chefe da polícia política do ditador chileno Augusto Pinochet

Manuel Contreras, diretor da polícia política da ditadura de Augusto Pinochet, considerado um dos maiores criminosos da história do Chile, morreu, esta sexta-feira, aos 86 anos, disse fonte policial à agência AFP.

Contreras, condenado a mais de 500 anos de prisão por torturar, fazer desaparecer e sequestrar elementos da oposição, morreu pelas 22:30 (2:30 de hoje em Lisboa) no hospital militar da capital, Santiago. (Arquivo)

Contreras, condenado a mais de 500 anos de prisão por torturar, fazer desaparecer e sequestrar elementos da oposição, morreu pelas 22:30 (2:30 de hoje em Lisboa) no hospital militar da capital, Santiago. (Arquivo)

AP

Contreras, condenado a mais de 500 anos de prisão por torturar, fazer desaparecer e sequestrar elementos da oposição, morreu pelas 22:30 (2:30 de hoje em Lisboa) no hospital militar da capital, Santiago, de acordo com a mesma fonte.

O estado de saúde do antigo general, que sofria nomeadamente de diabetes e cancro, tinha-se deteriorado nos últimos dias.

Manuel Contreras foi o mentor e único diretor da antiga Direção de Inteligência Nacional (DINA), a polícia secreta de Pinochet, à qual foi imputada a maioria das vítimas da ditadura chilena (1973-1990) - mais de 3.200 pessoas morreram ou desapareceram e mais de 38.000 foram sujeitas a tortura.

Considerado o "braço direito" de Pinochet, foi preso em 2005 pelo sequestro de um jovem opositor e, desde então, condenado em diversos julgamentos.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.