sicnot

Perfil

Mundo

Astronautas degustaram as primeiras saladas cultivadas no espaço

Os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (EEI) apreciaram hoje as primeiras saladas cultivadas no espaço, no que foi o primeiro passo para a jardinagem em microgravidade na perspetiva de futuras missões tripuladas a Marte.

© NASA NASA / Reuters

O astronauta norte-americano Scott Kelly e outros membros da tripulação do posto avançado orbital degustaram hoje as primeiras folhas de "alface roxa espacial" às 16:37 TMG (17:37 em Lisboa), temperadas com um pouco de azeite e vinagre, conforme mostraram as imagens da televisão, em direto, divulgadas pela NASA.

"É genial", indicou o astronauta norte-americano Kjell Lindgren, após saborear uma folha de alface.

"É bom", concordou Scott Kelly, que está há um ano no posto avançado orbital com o seu colega russo Mikhail Kornienko.

A NASA espera que o cultivo permita fornecer uma fonte de alimentação substancial aos astronautas que efetuarão longas missões no espaço, divulgou momentos antes a agência espacial norte-americana num comunicado citado pela France Presse (AFP).

"Existem indicações de que as frutas e legumes frescos, como tomates, mirtilos e alfaces roxas são boas fontes de antioxidantes", afirmou o responsável pelo desenvolvimento de técnicas que permitam assegurar a manutenção das condições de vida no espaço, do programa da NASA, Ray Wheeler.

"Poder disponibilizar alimentos frescos no espaço, além de oferecer proteção adicional contra as radiações cósmicas, poderá consistir ainda num impacto psicológico favorável sobre os astronautas", acrescentou.

"Considero que os sistemas de cultivo de plantas, em microgravidade, tornar-se-ão elementos importantes para todos os futuros viajantes de longas temporadas no espaço", apontou Gioia Massa, uma cientista da NASA, localizada no Centro Espacial Kennedy, na Florida.

Os vegetais produzidos no espaço foram aprovados para consumo humano após a primeira colheita "veg-01" ter sido enviada para a Terra, em 2014, para as necessárias análises a fim de garantirem que do seu consumo não resultariam problemas.

Lusa

  • "Temos de jogar melhor do que frente à Espanha"
    0:45
  • Ronaldo é o jogador que mais preocupa os marroquinos
    2:35
  • Recorda-se de Tahar? O ex-futebolista marroquino que já jogou em Portugal
    6:10
  • "Somos 11 milhões, queremos ser campeões e as russas são grandes canhões"
    3:54
  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.