sicnot

Perfil

Mundo

Consulado norte-americano na Turquia alvo de disparos

Duas pessoas dispararam contra o consulado norte-americano em Istambul, na Turquia.

Akin Celiktas

Depois de uma troca de tiros com a polícia, os autores dos disparos fugiram do local.

De acordo com os média locais, tratava-se de um homem e uma mulher.

A imprensa diz também que não há vítimas do ataque.

Horas antes deste ataque, também em Istambul, pelo menos três pessoas morreram e 10 ficaram feridas numa explosão numa esquadra da polícia.

O número de vítimas e a sua identificação ainda não foram possíveis, mas acredita-se que a maioria sejam polícias.

O ataque incendiou e fez desmoronar o edifício e pelo menos 20 carros ficaram danificados.

A autoria do atentado não foi reivindicada mas o ataque acontece numa altura de grande tensão entre as autoridades turcas e o partido dos trabalhadores do Curdistão e numa fase em que a Turquia assume um papel cada vez mais ativo na luta contra o Estado Islâmico.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".