sicnot

Perfil

Mundo

Consulado norte-americano na Turquia alvo de disparos

Duas pessoas dispararam contra o consulado norte-americano em Istambul, na Turquia.

Akin Celiktas

Depois de uma troca de tiros com a polícia, os autores dos disparos fugiram do local.

De acordo com os média locais, tratava-se de um homem e uma mulher.

A imprensa diz também que não há vítimas do ataque.

Horas antes deste ataque, também em Istambul, pelo menos três pessoas morreram e 10 ficaram feridas numa explosão numa esquadra da polícia.

O número de vítimas e a sua identificação ainda não foram possíveis, mas acredita-se que a maioria sejam polícias.

O ataque incendiou e fez desmoronar o edifício e pelo menos 20 carros ficaram danificados.

A autoria do atentado não foi reivindicada mas o ataque acontece numa altura de grande tensão entre as autoridades turcas e o partido dos trabalhadores do Curdistão e numa fase em que a Turquia assume um papel cada vez mais ativo na luta contra o Estado Islâmico.

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.