sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Sul acusa Norte por mina terrestre e ameaça com "mão pesada"

A Coreia do Sul acusou hoje a Coreia do Norte pela instalação de uma mina terreste que feriu dois soldados numa missão de patrulha na semana passada, e ameaçou fazer "pagar um preço elevado" a Pyongyang pela alegada agressão.

© POOL New / Reuters

"As nossas forças armadas... vão fazer a Coreia do Norte pagar um preço elevado, proporcional à sua provocação", disseram em comunicado os chefes de Estado Maior da Coreia do Sul.

Dois soldados sul-coreanos ficaram feridos hoje na sequência de uma explosão na Zona Desmilitarizada (DMZ), perto da fronteira com a Coreia do Norte, que terá resultado de um acidente embora se aguarde uma investigação mais exaustiva.

A explosão ocorreu às primeiras horas de terça-feira da semana passada em Yeoncheon, na província de Gyeonggi, no noroeste da Coreia do Sul, disse um porta-voz do Ministério da Defesa à agência Efe.

As autoridades sul-coreanas analisam a possibilidade de um dos dois militares ter pisado uma das minas enterradas na parte sul-coreana da DMZ, considerando praticamente descartada a hipótese de um eventual envolvimento da Coreia do Norte no incidente, de acordo com os 'media'.

Os soldados sofreram ferimentos graves nas pernas, estando a receber tratamento num hospital militar.

Apesar do seu nome, a DMZ é uma das fronteiras mais militarizadas no mundo.

Trata-se de uma faixa de terreno com cerca de quatro quilómetros de largura e 248 quilómetros de extensão, com vedações eletrificadas, campos minados e paredes antitanque.

Lusa

  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15

    País

    Os fogos mais violentos começaram na Lousã, no distrito de Coimbra, e o cenário é desolador. Casas e empresas foram totalmente destruídas. Paulo Carvalho era dono de uma carpintaria, que foi reduzida a um monte de escombros.

  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10

    País

    As autoridades confirmaram a morte de oito pessoas no concelho de Vouzela. Agora é tempo de fazer o luto e tentar reerguer o que foi destruído pelo fogo. Os testemunhos emocionados dos moradores e do autarca relatam a destruição deixada pelas chamas. Custódia perdeu quase tudo. José teve de comprar um gerador para continuar a dar de beber às galinhas.

  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.