sicnot

Perfil

Mundo

Dois homens condenados por terem saltado de paraquedas do World Trade Center

Dois homens que saltaram de paraquedas da nova torre do World Trade Center em Nova Iorque foram condenados hoje a uma pesada pena de trabalho comunitário, acusados de "mancharem a memória" das vítimas do 11 de setembro.

© Brendan McDermid / Reuters

James Brady, de 33 anos, metalúrgico, e Andrew Rossig, de 34, carpinteiro, terão de realizar 200 e 250 horas de trabalho comunitário, respetivamente, e pagar uma multa de 2.000 dólares (1.815 euros) cada um, determinou o tribunal de Manhattan.

Detidos em março de 2014, arriscavam até dois anos de prisão pelo seu salto, em setembro de 2013.

A sua ação não foi heroica, mas "egoísta e imprudente e tiveram sorte da sua iniciativa não resultar numa tragédia", declarou o juiz Juan Merchan, considerando que os dois homens "tomaram uma má decisão".

Ao saltarem do edifício One World Trade Center, também conhecido como Torre da Liberdade, "construído em solo sagrado", os acusados "mancharam a memória dos que saltaram a 11 de setembro, não por desporto, mas porque a tal foram obrigados", adiantou o juiz.

Com um cúmplice, Marko Markovich, cuja sentença será pronunciada a 17 de agosto, os dois praticantes de "base jumping", modalidade radical que consiste em saltar de paraquedas de uma estrutura fixa, subiram ao edifício em construção a 30 de setembro de 2013 e saltaram cerca das 03:00.

O salto foi filmado com uma minicâmara fixada no seu capacete e divulgado no 'site' de partilha de vídeos YouTube. Foi visto mais de 3,5 milhões de vezes.

Lusa

  • "O PSD é o centro das atenções da campanha e fico contente com isso"
    1:03
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33
  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00