sicnot

Perfil

Mundo

Homem acusado de homicídio nos EUA após descoberta de oito cadáveres em casa

Um homem foi acusado de homicídio no estado norte-americano do Texas depois de os corpos crivados de balas de seis crianças e dois adultos terem sido encontrados no interior de uma casa, informaram as autoridades no domingo.

© ERIC THAYER / Reuters

Os oito cadáveres foram descobertos no sábado por agentes de Harris County, que se deslocaram à residência na área de Houston, depois de um familiar ter contactado a segurança social.

As vítimas foram encontradas nos três quartos da casa. Elas foram baleadas múltiplas vezes, e algumas foram manietadas com algemas de metal, disse o investigador Craig Clopton à imprensa.

Os agentes tentaram inicialmente contactar os residentes no interior da casa, antes de avistarem o corpo de uma criança através da janela, disse o vice-chefe Tim Cannon.

Os polícias acabaram por forçaram a sua entrada no interior da residência, mas retiraram após terem sido recebidos com gás pimenta e tiros.

Negociadores de uma unidade policial convenceram mais tarde o alegado atacante a render-se, disse Cannon.

A polícia identificou o homem como David Conley, de 48 anos.

A televisão KHOU informou que o homem era alvo de um mandado por agressões a um membro da família.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.