sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos quatro mortos em ataque suicida perto do aeroporto de Cabul

Pelo menos quatro pessoas morreram hoje num atentado suicida que ocorreu próximo da entrada do aeroporto de Cabul, capital do Afeganistão, a uma hora de forte afluência, de acordo com as autoridades locais.

JAWAD JALALI

"A explosão ocorreu na primeira barreira que leva ao aeroporto", disse Sayed Agha Rouhani Gul, vice-chefe da polícia de Cabul.

Um fotógrafo da agência de notícias francesa France Press( AFP) que visitou o local viu uma coluna de fumo a subir do local da explosão e várias ambulâncias.

Um condutor suicida detonou os explosivos que transportava no seu automóvel numa barreira de controlo de segurança, a um quilómetro do acesso do Aeroporto Internacional de Cabul, tratando-se do quarto atentado na capital afegã nos últimos dias, avançou à agência de notícias espanhola, o chefe do Departamento de Emergencias do Ministerio de Interior afegão, Homayoon Aini.

A explosão ocorreu no início da tarde, pelas 12:40 locais (cerca das 09:10 em Lisboa) na estrada do aeroporto muitas vezes congestionada, cujo acesso é filtrado por várias barreiras, através da qual os passageiros devem passar para chegar aos terminais.

Já o porta-voz do Ministério da Saúde, Wahidullah Mayar, afirmou que no ataque morreram quatro pessoas e 15 ficaram feridas, todas elas civis.

Trata-se do quarto ataque em Cabul e o quinto no país desde a passada quinta-feira, uma série que fez 400 vítimas entre mortos e feridos, naqueles que são já considerados os dias mais sangrentos desde a morte do fundador do grupo, o 'mullah' Omar, e a nomeação do novo chefe dos insurgentes, Ajtar Mansur, num contexto de divergências internas sobre a sucessão.

Os civis são as principais vítimas do conflito no Afeganistão. De acordo com a missão da ONU no país (UNAMA), 1.592 civis foram mortos e 3.329 feridos durante os primeiros seis meses do ano em violência.

O ataque ainda não foi reivindicado, mas os insurgentes estão por de trás de uma série de atentados que atingiram Cabul na semana passada, que levaram à morte de 51 pessoas.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.