sicnot

Perfil

Mundo

Detenção de Netanyahu pedida em petição na página do parlamento britânico na Internet

Uma petição, com mais de 30.000 assinaturas, foi hoje publicada na página do parlamento britânico na Internet para a realização de um debate relativo à detenção do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, quando este visitar o Reino Unido em setembro.

© POOL New / Reuters

O responsável pela publicação da petição foi o cidadão britânico Damian Moran, que solicita a detenção de Benjamin Netanyahu por suspeita de "crimes de guerra" aquando do "massacre de 2014 que matou mais de 2.000 civis", um crime punível segundo a legislação internacional.

Em julho passado, a página do parlamento estreou um sistema que permite aos utilizadores enviarem petições através da Internet, garantindo que as preocupações dos cidadãos chegam ao governo e aos deputados.

O governo garante dar resposta a todas as petições que reúnam mais de 10.000 assinaturas, e que as ultrapassam as 100.000 serão agendadas para debate.

As petições têm um prazo de seis meses, a partir do momento em que são tornadas públicas, para reclamar apoios.

Lusa

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.

  • Samsung vai vender modelos reparados do Galaxy Note 7

    Economia

    A Samsung Electronics anunciou hoje que vai vender e alugar telemóveis reparados do modelo Galaxy Note 7 depois de no ano passado a empresa ter decidido suspender a respetiva produção devido a incêndios nas baterrias de íon-lítio.

  • Acidentes em falésias matam 94 pescadores lúdicos

    País

    Mais de 90 pescadores lúdicos morreram nos últimos 19 anos e 137 ficaram feridos em 252 acidentes registados em zona rochosa ou em falésia, a maioria na zona de Lagos, Faro, segundo dados da Autoridade Marítima Nacional.