sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 10.000 pessoas retiradas de localidade devido a fuga de amoníaco na China

Mais de 10.000 pessoas foram retiradas de uma localidade no sudoeste da China devido a uma fuga de amoníaco de uma fábrica de fertilizantes, escreve hoje o jornal West China City Daily.

Mark Schiefelbein

O incidente ocorreu na noite de segunda-feira no distrito de Dingshui, da cidade de Nanchong, por volta das 22:30 locais (15:30 em Lisboa), na sequência de uma fuga do gás na empresa Chuanlong Chemical, segundo o diário.

Segundo as autoridades locais, os residentes foram avisados imediatamente, o que fez com que muitos abandonassem a zona a pé, de moto e de carro, provocando grandes engarrafamentos nas estradas das imediações.

A fuga de amoníaco foi controlada esta manhã, embora o ar mantenha um forte odor.

O amoníaco é um gás incolor altamente tóxico que, inalado durante um período de tempo prolongado, pode queimar a garganta e os pulmões.

Enquanto são investigadas as causas do incidente, alguns moradores queixaram-se de que a fábrica não deveria ter sido construída numa zona tão povoada, refere o West China City Daily.

Lusa

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19