sicnot

Perfil

Mundo

Mais de cinco mil bombeiros russos combatem incêndios florestais na Sibéria

Mais de cinco mil bombeiros russos estão a lutar contra incêndios que devastam vários quilómetros de floresta na Sibéria, anunciaram hoje fontes oficiais.

© Alkis Konstantinidis / Reuter


Mais de 1.250 quilómetros quadrados de floresta encontram-se em chamas, atingindo seis regiões russas, avançou a agência federal da floresta russa.

A república da Buryatia, que faz fronteira com a Mongólia e a margem oriental do Lago Baikal, está a ser assolada por cerca de 60 focos de incêndio que atingem 717 quilómetros quadrados, precisa a agência.

Os incêndios florestais ainda não afetaram áreas habitadas, de acordo com as autoridades.

Os fogos são uma ocorrência comum na Rússia, piores no verão devido à queima de erva seca.

Em abril, pelo menos 34 pessoas morreram no sul da Sibéria por causa de incêndios e centenas ficaram feridos e sem casa.

Na altura, os investigadores lançaram sondas para os locais dos incêndios para determinar se estes podiam ou não ter como motivo negligência humana.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.