sicnot

Perfil

Mundo

Polícia alemã quer controlo de fronteiras para suster fluxo de refugiados

O Sindicato da Polícia da Alemanha pediu hoje a reintrodução do controlo de fronteiras internas na Europa e um reforço dos efetivos policiais para suster o fluxo recorde de refugiados que chegam ao país.

© Yannis Behrakis / Reuters

"Do ponto de vista policial, um regresso ao controlo de fronteiras seria a melhor das medidas", disse Rainer Wendt, presidente do Sindicato da Polícia Alemã, numa entrevista ao jornal Passauer Neue Presse.

O sindicato, que pede um reforço de 1.000 agentes, prevê apresentar hoje ao ministro do Interior, Thomas de Maizière, as "condições catastróficas" e de sobrecarga de trabalho dos polícias destacados na fronteira germano-austríaca.

Para os polícias, nas conversações na União Europeia (UE) sobre a crise de refugiados, "a Alemanha não deve aceitar retirar rapidamente da mesa o regresso dos controlos" fronteiriços.

A Europa aboliu os controlos nas fronteiras internas entre os países que pertencem ao espaço de livre circulação Schengen, vigente em 22 Estados-membros da UE, de Portugal à Finlândia, e quatro não-membros: Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça.

Em contrapartida, as autoridades reforçaram o controlo dos viajantes nos comboios, autoestradas e voos no espaço europeu.

A Alemanha, país mais populoso da UE, tem registado um número crescente de candidatos a asilo, contando atingir este ano os 500.000.

Para o responsável sindical, o controlo das fronteiras facilitaria a deteção de criminosos e permitiria devolver automaticamente os refugiados aos países Schengen de onde partiram, aos quais, tecnicamente, devem apresentar o pedido de asilo.

Lusa

  • Descobertos fósseis que podem provar existência de vida em Marte

    Mundo

    Fósseis com 3,77 mil milhões de anos, dos mais antigos já descobertos, foram identificados por cientistas de vários países na província do Quebec, no leste do Canadá. As descobertas coincidem no tempo com a altura em que Marte e a Terra tinham água líquida à superfície, o que levanta questões sobre a hipótese de vida extraterrestre.

  • As polémicas declarações de João Braga sobre os Óscares

    País

    A Associação SOS Racismo reagiu esta quarta-feira às palavras do fadista João Braga na sua página no Facebook, sobre a cerimónia de entrega dos Óscares, e disse esperar que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial atue de forma exemplar face.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52
  • Oprah admite candidatar-se à Presidência dos EUA

    Mundo

    A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey admitiu, numa entrevista, que a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro a fez considerar a possibilidade de entrar na corrida à Casa Branca.

  • Temperaturas recorde no "último lugar da Terra"

    Mundo

    A Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciou esta quarta-feira que se registaram nos últimos 37 anos temperaturas altas recorde na Antártida, num local que foi descrito como "o último lugar da Terra".