sicnot

Perfil

Mundo

Explosão em armazém de explosivos na China faz, pelo menos, 300 feridos

Uma série de mega explosões foi esta quarta-feira registada na cidade chinesa de Tianjin, no nordeste do país. A explosão terá tido origem num armazém de explosivos, no porto da cidade, foi sentida a vários quilómetros e terá feito, pelo menos, 300 feridos.

A explosão terá tido origem num armazém de explosivos, no porto da cidade, foi sentida a vários quilómetros e terá feito, pelo menos, 300 feridos.

A explosão terá tido origem num armazém de explosivos, no porto da cidade, foi sentida a vários quilómetros e terá feito, pelo menos, 300 feridos.

Yue Yuewei / AP

De acordo com a agência de notícias pública da China, entre 300 a 400 pessoas já foram transportadas para hospitais da região, mas há relatos nas redes sociais de centenas de feridos.

A mesma fonte revela que as explosões quebraram janelas e derrubaram portas de edifícios na área.

  • Explosão num mercado do noroeste da China causou 31 mortos

    Mundo

    Pelo menos 31 pessoas morreram e mais de 90 ficaram feridas numa explosão, num mercado da província chinesa de Xinjiang. Ao início da manhã (1:00 em Lisboa) foram lançados explosivos de dois veículos que avançavam por entre a população, num mercado ao ar livre. O ataque ainda não foi reinvindicado, mas o grupo étnico de Uguir, conhecido como os separatistas de Xinjiang, é apontado como responsável.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.