sicnot

Perfil

Mundo

Homem imola-se pelo fogo no exterior da embaixada do Japão em Seul

Homem imola-se pelo fogo no exterior da embaixada do Japão em Seul

Um homem imolou-se pelo fogo hoje no exterior da embaixada japonesa em Seul, durante um protesto para exigir um pedido de desculpas de Tóquio pelas mulheres sul-coreanas forçadas a prestar serviços sexuais durante a II Guerra Mundial.

Testemunhas no local disseram que outros manifestantes e equipas de emergência tentaram apagar as chamas e que o homem foi retirado do local numa maca.

O seu estado de saúde não foi revelado.

A agência de notícias sul-coreana Yonhap identidicou o homem com um sul-coreano de 81 anos.

Cerca de mil manifestantes concentraram-se no exterior da embaixada em antecipação ao 70.º aniversário, no sábado, do fim do domínio colonial do Japão (1940-1945) sobre a península coreana.

A Coreia do Sul diz que o Japão não fez ainda o suficiente para se redimir pelo recrutamento forçado de mulheres sul-coreanas para trabalharem em bordéis dos militares japoneses, conhecidas por "mulheres de conforto".

O Japão insiste que o assunto ficou arrumado no acordo bilateral de 1965, que restaurou as relações diplomáticas entre as duas nações, e no âmbito do qual Tóquio pagou 800 milhões de dólares em subsídios ou empréstimos para a sua antiga colónia.

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas