sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito reconheceu duplo assassínio numa loja do IKEA na Suécia

Um suspeito, de 36 anos, reconheceu hoje a autoria do duplo assassínio cometido na segunda-feira numa loja do IKEA em Vasteras, na Suécia, anunciou hoje o seu advogado, Per-Ingvar Ekblad.

© Scanpix Sweden / Reuters

"O homem reconheceu os dois assassinatos", escreveu a agência noticiosa TT, que questionou o advogado no Palácio de Justiça de Vasteras.

Encontrado gravemente ferido no local dos crimes, o homem, de nacionalidade eritreia, só hoje saiu do coma e continua hospitalizado.

A justiça determinou a sua detenção e a acusação é de homicídios voluntários.

Um outro eritreu, de 23 anos, que tinha sido interpelado pouco tempo depois dos factos e se encontrava detido, foi libertado. Suspeito de cumplicidade, nega desde o início qualquer envolvimento no caso.

O diário Aftonbladet tinha afirmado na quarta-feira que as imagens de vídeo-vigilância do IKEA permitiam compreender as circunstâncias do ataque com arma branca à mulher de 55 anos e ao seu filho de 28, clientes da loja.

Segundo o jornal, as imagens mostram o suspeito a pegar em duas facas na zona dos acessórios de cozinha "alguns segundos antes do assassínio" e a esfaquear as duas vítimas.

"O ataque termina quando o presumível assassino se apunhala a si mesmo no ventre", adiantou.

A Suécia tem uma comunidade de cerca de 18.000 imigrantes eritreus, que são os requerentes de asilo ao país em maior número a seguir aos sírios.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagas as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Presidente da Câmara de Nova Iorque confirma "atentado terrorista falhado"
    0:29
  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.