sicnot

Perfil

Mundo

China quer "desculpas sinceras" do Japão pela Segunda Guerra Mundial

A China declarou hoje que pretender "desculpas sinceras" por parte da Japão pelas agressões cometidas durante a Segunda Guerra Mundial, algumas horas após um discurso do primeiro-ministro nipónico em que este reiterou os "sentimentos de remorsos profundos".

© Aly Song / Reuters

Numa referência aos atos cometidos pelo império japonês no decurso do conflito mundial, o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, apelou durante um discurso comemorativo do 70.º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial a que as gerações futuras sejam isentadas deste exercício de condolências e de desculpas oficiais.

Numa nota publicada na sua página da Internet, o Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês exigiu "desculpas sinceras" ao responsável nipónico, na primeira reação oficial de Pequim às declarações de Shinzo Abe.

Sem citar o chefe do Governo nipónico, o Ministério dos Negócios Estrangeiros refere ter tido conhecimento "da declaração do dirigente do Japão" e acrescenta que o vice-ministro chinês dos Negócios Estrangeiros, Zhang Yesui, exprimiu a "posição firme" de Pequim sobre este assunto ao embaixador do Japão na China, Masato Kitera.

O discurso de Abe foi analisado cuidadosamente, pelo facto de as recordações da invasão japonesa que começou da década de 1930, com situações particularmente sangrentas, e até à capitulação nipónica em 1945, constituem ainda um tema muito sensível para o povo chinês.

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC