sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte considera discurso de primeiro-ministro japonês "imperdoável insulto"

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte definiu hoje como um "imperdoável insulto ao povo coreano" as palavras do primeiro-ministro do Japão e que exprimiram "remorso" pelas ações do país na Segunda Guerra Mundial.

 Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte

Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte

© KCNA KCNA / Reuters

Através de um comunicado divulgado pela agência noticiosa estatal KCNA, o ministério norte-coreano acrescenta que as palavras do chefe do Governo nipónico Shinzo Abe, proferidas na véspera das celebrações do 70.º aniversário do final da Segunda Guerra Mundial não constituem "uma admissão honesta e uma desculpa" pelos "monstruosos crimes e danos irreparáveis cometidos nesse período.

Em paralelo, a Coreia do Norte anunciou há uma semana, a 07 de agosto, que irá mudar a sua hora oficial para TMG+8:30, meia hora menos do que na Coreia do Sul, que à semelhança do Japão é de TMG+9:00.

A "hora de Pyongyang" vai ser aplicada a partir de sábado, dia em que se assinala o 70.º aniversário da libertação do domínio colonial japonês.

TMG+8:30 correspondia ao fuso horário de toda a Coreia até que, em 1912, os relógios foram adiantados em meia hora pelo Império do Japão, que dominou a península coreana entre 1910 e 1945, para que coincidisse com a hora de Tóquio.

A decisão da Coreia do Norte foi interpretada como um gesto de marcado cariz nacionalista.

Lusa

  • Vice-primeiro ministro da Coreia do Norte terá sido fuzilado
    0:46

    Mundo

    O vice-primeiro-ministro da Coreia do Norte, de 63 anos, terá sido fuzilado. A notícia foi avançada esta quarta-feira pela agência estatal de notícias da Coreia do Norte. Ao que tudo indica, o antigo delegado para a cooperação com a Coreia do Sul criticou as políticas do presidente Kim Jong-Un e, por essa razão, terá sido fuzilado no passado mês em maio.

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • "É a primeira vez que vai ser testado o programa do Nuno Crato"
    0:57

    País

    Os alunos do 11º e 12º anos de escolaridade fazem hoje o exame de matemática, uma das provas mais importantes no acesso à universidade e para a conclusão do ensino obrigatório. No final do secundário, são quase 50 mil os alunos que hoje fazem a prova que acarreta algumas alterações instituídas ainda pelo ex-ministro Nuno Crato, como explicou à SIC Notícias o diretor do Liceu Camões, em Lisboa.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes