sicnot

Perfil

Mundo

Mega sistema de proteção de cheias instalado 10 anos após furacão Katrina

Dez anos depois do furacão Katrina arrasar com a cidade de Nova Orleãs, no estado norte-americano do Louisiana, está finalmente instalado o sistema de proteção de cheias na costa.

Nova Orleães tem assim, a partir de agora, a maior barreira de defesa de cheias do mundo, com mais de três quilómetros de extensão e oito metros de altura, que fazem deste um dos mais sofisticados sistemas de defesa contra cheias alguma vez construído.

Nova Orleães tem assim, a partir de agora, a maior barreira de defesa de cheias do mundo, com mais de três quilómetros de extensão e oito metros de altura, que fazem deste um dos mais sofisticados sistemas de defesa contra cheias alguma vez construído.

Gerald Herbert / AP

Um projeto de mais de 10 mil milhões de euros para proteger a região da imparável subida das águas, sobretudo do golfo do México mas também do rio Mississipi, numa cidade que está abaixo do nível do mar.

No último século, quase cinco quilómetros quadrados de terra foram engolidos pelas águas, numa área equivalente ao estado de Delaware.

Nova Orleães tem assim, a partir de agora, a maior barreira de defesa de cheias do mundo, com mais de três quilómetros de extensão e oito metros de altura, que fazem deste um dos mais sofisticados sistemas de defesa contra cheias alguma vez construído.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.