sicnot

Perfil

Mundo

Migrante etíope encontrado escondido no porão de um avião na Suécia

Um jovem etíope foi esta sexta-feira encontrado no aeroporto internacional de Estocolmo dentro do porão de um avião proveniente de Addis Abeba, divulgou a polícia sueca.

Um intérprete foi enviado para o local e o jovem, nascido em 1991 (24 anos), disse que desejava pedir asilo às autoridades suecas. (Arquivo)

Um intérprete foi enviado para o local e o jovem, nascido em 1991 (24 anos), disse que desejava pedir asilo às autoridades suecas. (Arquivo)

© Lucas Jackson / Reuters

O jovem desejava obter asilo na Suécia, segundo a mesma fonte, que acrescentou que o migrante etíope encontra-se de boa saúde.

"Os bagageiros descobriram o homem e fomos alertados hoje de manhã. Estávamos com medo de uma possível hipotermia e por isso foi solicitada uma ambulância. Mas ele está bem", afirmou, em declarações à agência francesa AFP, um porta-voz da polícia sueca, Stefan Fardigs.

Um intérprete foi enviado para o local e o jovem, nascido em 1991 (24 anos), disse que desejava pedir asilo às autoridades suecas.

O jovem foi conduzido posteriormente para os escritórios da agência sueca para as migrações.

Segundo o porta-voz da polícia sueca, o jovem conseguiu esconder-se no porão do avião porque trabalhava no aeroporto de Addis Abeba, capital etíope.

"Isso permitiu ao homem aceder à área das bagagens, onde estavam a ser carregadas as malas do voo da Ethiopian Airlines. (...) Ele tinha ainda colocado o cartão de identificação de trabalhador", acrescentou Stefan Fardigs.

É a primeira vez que um migrante tenta entrar desta forma na Suécia, de acordo com as autoridades locais.

O reino escandinavo é um destino muito desejado entre os requerentes de asilo. Cerca de 70% dos requerentes chegam por estrada ou por ferry depois de atravessar clandestinamente a Europa, enquanto os restantes 30% utilizam a via aérea.

Em 2014, a Suécia concedeu asilo a cerca de 35.000 pessoas, entre os mais de 81.000 pedidos apresentados.

Nos primeiros sete meses deste ano, o número de requerentes de asilo oriundos da Etiópia subiu 140% face ao mesmo período de 2014. No ano passado, um em cada três cidadãos etíopes obteve autorização de asilo.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.