sicnot

Perfil

Mundo

Militares turcos erguem muro ao longo da fronteira com a Síria

O exército turco está a construir um muro ao longo da fronteira com a Síria, justificado com a necessidade de reforço da segurança após a multiplicação de ataques no sul do país, referiram diversos media.

© Stringer Turkey / Reuters

Um espesso muro de betão com três metros de altura e sete quilómetros de comprimento começou a ser erguido em Reyhanli, na região de Hatay (sul), destinado a impedir a incursão de 'jihadistas' do grupo Estado Islâmico (EI) em território turco a partir da cidade de Alepo, situada a poucos quilómetros, indicou a agência noticiosa oficial Anatolia.

Em paralelo, foram escavados 360 quilómetros de trincheiras, acumulada terra numa extensão de 70 quilómetros e renovados 145 quilómetros de arame farpado, precisou a Anatolia.

A região de Hatay é um local de passagem para os cerca de 1,8 milhões de sírios que fugiram da violência no seu país e encontraram refúgio na Turquia desde o início do conflito, na primavera de 2011.

Um atentado com um carro armadilhado nesta província provocou 52 mortos em maio de 2013. Mais recentemente, um atentado ocorrido em 20 de julho em Suruç (sul) e atribuído ao EI causou a morte de 33 jovens apoiantes da causa curda, um balanço atualizado hoje com a morte no hospital de uma das vítimas.

Após acusarem o Governo de Ancara de "inação" face às atividades do EI e de ineficaz proteção às populações curdas, os combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) romperam o cessar-fogo em vigor desde 2013 e regressaram às armas.

A Turquia respondeu em 24 de julho ao desencadear uma "guerra contra o terrorismo" dirigida em simultâneo contra o PKK e os combatentes do EI ao longo da fronteira com o Iraque e a Síria, mas sobretudo concentrada na repressão aos ativistas curdos, com centenas de detenções registadas nas últimas semanas.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.