sicnot

Perfil

Mundo

Militares turcos erguem muro ao longo da fronteira com a Síria

O exército turco está a construir um muro ao longo da fronteira com a Síria, justificado com a necessidade de reforço da segurança após a multiplicação de ataques no sul do país, referiram diversos media.

© Stringer Turkey / Reuters

Um espesso muro de betão com três metros de altura e sete quilómetros de comprimento começou a ser erguido em Reyhanli, na região de Hatay (sul), destinado a impedir a incursão de 'jihadistas' do grupo Estado Islâmico (EI) em território turco a partir da cidade de Alepo, situada a poucos quilómetros, indicou a agência noticiosa oficial Anatolia.

Em paralelo, foram escavados 360 quilómetros de trincheiras, acumulada terra numa extensão de 70 quilómetros e renovados 145 quilómetros de arame farpado, precisou a Anatolia.

A região de Hatay é um local de passagem para os cerca de 1,8 milhões de sírios que fugiram da violência no seu país e encontraram refúgio na Turquia desde o início do conflito, na primavera de 2011.

Um atentado com um carro armadilhado nesta província provocou 52 mortos em maio de 2013. Mais recentemente, um atentado ocorrido em 20 de julho em Suruç (sul) e atribuído ao EI causou a morte de 33 jovens apoiantes da causa curda, um balanço atualizado hoje com a morte no hospital de uma das vítimas.

Após acusarem o Governo de Ancara de "inação" face às atividades do EI e de ineficaz proteção às populações curdas, os combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) romperam o cessar-fogo em vigor desde 2013 e regressaram às armas.

A Turquia respondeu em 24 de julho ao desencadear uma "guerra contra o terrorismo" dirigida em simultâneo contra o PKK e os combatentes do EI ao longo da fronteira com o Iraque e a Síria, mas sobretudo concentrada na repressão aos ativistas curdos, com centenas de detenções registadas nas últimas semanas.

Lusa

  • "O PSD é o centro das atenções da campanha e fico contente com isso"
    1:03
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33
  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00