sicnot

Perfil

Mundo

Três marines vão içar bandeira dos EUA em Cuba, 54 anos depois de a arriarem

Três 'marines' agora reformados que arriaram a bandeira dos Estados Unidos na embaixada norte-americana em Cuba em 1961 voltam na sexta-feira à ilha com o secretário de Estado John Kerry para hastear aquele símbolo do país.

© POOL New / Reuters

"Vou adorar ver a bandeira a ser içada novamente", disse um dos fuzileiros navais norte-americanos, Jim Tracy, de 78 anos, num vídeo colocado no 'site' do Departamento de Estado.

Tracy, 'marine' durante 30 anos, era um sargento encarregado de arriar a bandeira na embaixada de Havana quando os Estados Unidos romperam relações com Cuba a 04 de janeiro de 1961.

Na altura, os cabos Mike East e Larry Morris ajudaram Jim Tracy a arriar a "Stars and Stripes" (alcunha da bandeira dos Estados Unidos) e a dobrá-la cerimoniosamente.

"Foi um momento comovente", disse East, agora com 76 anos.

Na sexta-feira vão regressar a Havana com Kerry para selar a renovação das relações diplomáticas entre os dois países, ex-inimigos da Guerra Fria, iniciada em dezembro pelos presidentes Barack Obama e Raul Castro.

Segundo Morris, 75 anos, a bandeira "vai voltar para onde deve estar".

Uma fonte do Departamento de Estado disse que a bandeira a hastear não será a mesma que foi arriada há 54 anos.

Na sexta-feira, John Kerry tornar-se-á o primeiro chefe da diplomacia norte-americana a deslocar-se a Havana desde 1945.

Lusa

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.

  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.