sicnot

Perfil

Mundo

China censura mais de 360 contas nas redes sociais por alegados rumores sobre explosões

As autoridades chinesas informaram hoje ter suspendido ou encerrado mais de 360 contas das redes sociais por difundirem rumores sobre as explosões ocorridas na quarta-feira, na cidade de Tianji, no norte do país, causando pelo menos 85 mortos.

© Jason Lee / Reuters

A Administração do Ciberespaço da China especificou que atuou sobre contas de WeChat (o Whatsapp chinês) e Weibo (similar ao Twitter) que disseminaram mensagens como "o gás tóxico vai para Pequim" ou "não há sobreviventes no raio de um quilómetro à volta do local da explosão".

As duas explosões de grande dimensão que deflagraram na noite de quarta-feira num terminal de contentores de uma nova zona do porto de Tianjin provocaram, segundo o último balanço, 85 mortos, incluindo 21 bombeiros, centenas de feridos e um número indeterminado de desaparecidos.

As autoridades chinesas também informaram que alguns titulares de contas privadas se fizeram passar por familiares das vítimas para conseguirem indemnizações, enquanto alguns internautas populares publicaram "comentários irresponsáveis", comparando as explosões com as bombas atómicas de Hiroshima e Nagasaki no Japão.

Nesse sentido, disse ter ordenado que 160 dessas contas sejam encerradas de forma permanente e mais de 200 suspendidas temporariamente.

Centenas de utilizadores do Weibo juntaram-se na sexta-feira a uma iniciativa para conhecer "a verdade da explosão", uma das principais "hashtags" daquela rede social nesse dia.

Numa altura em que não era conhecida a causa das explosões, os internautas criticavam a censura dos meios de comunicação oficiais, como da televisão de Tianjin, que optou por emitir, em horário nobre, uma telenovela sul-coreana em vez de notícias sobre a tragédia.

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou com o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17