sicnot

Perfil

Mundo

Explosão de bomba num carro mata 11 pessoas e provoca 70 feridos no Iraque

Pelo menos onze pessoas morreram e outras 70 ficaram feridas com a explosão de uma bomba num carro na zona de Habibiya, o bairro de maioria xiita de Sadr, situado a este de Bagdade, informou à Efe uma fonte das autoridades iraquianas.

AP

A explosão teve lugar perto de estabelecimentos de exposição e venda de carros e causou a destruição de vários veículos que se encontravam no lugar.

Habibiya foi o cenário de vários ataques anteriores, porque é uma região muito frequentada e onde os iraquianos se deslocam para comprar e vender carros.

Além disso, encontra-se no bairro populoso de Sadr, uma cidade em que a população é maioritariamente xiita, e que tem sido fustigada por ataques de grupos sunitas radicais.

O último atentado em Sadr registou-se há dois dias quando um camião bomba explodiu no mercado popular de Yamila, causando 55 mortos e 110 feridos.

O grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI) reivindicou o atentado, dizendo que foi contra os xiitas, considerados hereges e fiéis ao Irão, cujo regime xiita apoia o governo de Bagdade na luta contra a organização terrorista.

O governo iraquiano aprovou no princípio da semana uma série de reformas que procuram, entre outros objetivos, aliviar as tensões sectárias entre sunitas e xiitas, acentuadas pelo conflito com o EI.

Lusa

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Primeiro-ministro sueco "surpreendido" com as declarações de Trump
    0:53

    Mundo

    O primeiro-ministro sueco ficou surpreendido com as declarações de Donald Trump, que, no fim de semana, se referiu a um suposto ataque terrorista no país escandinavo, relacionado com a imigração. Stefan Löfven fala na responsabilidade de usar os factos correctamente e diz que é preciso verificar a informação que é divulgada.

  • Angelina emociona-se ao falar da separação de Brad Pitt
    1:25
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46