sicnot

Perfil

Mundo

Número de mortos em explosões na cidade chinesa de Tianjin sobe para 85

As explosões num armazém de Tianjin, norte da China, causaram 85 mortos, indicam dados divulgados hoje pela agência noticiosa oficial chinesa Xinhua.

Ng Han Guan

As explosões ocorreram na quarta-feira à noite, cerca das 23:30 (16:30 em Lisboa), numa zona chamada Binhai New Area da cidade portuária.

Centenas de pessoas ficaram feridas na sequência do incidente no armazém que servia de depósito a produtos químicos, o que levantou receios de contaminação tóxica, segundo a agência France Press.

Numa conferência de imprensa, o vice-chefe de propaganda da cidade disse que 21 dos 85 mortos eram bombeiros.

Na sexta-feira, o diretor do departamento de bombeiros de Tianjin, Zhou Tian, estimou em mais de 700 o número de feridos, 70 dos quais em estado grave.

Uma equipa de 217 especialistas em materiais nucleares e bioquímicos do exército chinês foi destacada para o local na sequência do incidente.

Especialistas disseram que os indicadores de gás tóxico estavam dentro dos parâmetros considerados normais e que a qualidade do ar não representava problema para a saúde das pessoas.

Segundo a conta do Centro das Redes de Vigilância dos Sismos da China no Sina Weibo, o Twitter chinês, a magnitude da primeira explosão equivaleu à detonação de três toneladas de TNT, enquanto a segunda teve uma potência equivalente à detonação de 21 toneladas daquele explosivo.

Informações das autoridades locais e relatos de vizinhos citadas por um jornal de Pequim indicam que as explosões destruíram janelas, sacudiram edifícios, levando mesmo à sua evacuação.

A onda de explosões chegou a sentir-se até dez quilómetros de distância.

O Presidente chinês Xi Jinping, e o primeiro-ministro, Li Keqiang, instaram a que sejam envidados "todos os esforços para resgatar as vítimas".

Maior porto do norte da China, situado a 150 quilómetros de Pequim, Tianjin é a sede de um município com cerca de 15 milhões de habitantes.

Lusa

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Com este vamos arrancar-lhe uma lagriminha!

    Mundo

    Nesta redação, não se vive só de notícias. Também gostamos de nos emocionar com o mundo virtual. Imbuídos pela quadra natalícia, decidimos partilhar este vídeo polaco consigo. O que é preciso para o emocionar? Um tema com uma mensagem simples e que nos faça lembrar que somos todos feitos de carne e osso. Um toque de humor. Um sentimento sazonal, mas nunca em excesso. Um cão [é preciso haver sempre um cão]. Um enredo e algum suspense que nos prenda ao écran. Algo que nos faça engolir em seco. Foi isto que fez um site de vendas online com um anúncio com o título: "Inglês para principiantes". Então? Atingimos o nosso objetivo? Com ou sem lágrima?

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.