sicnot

Perfil

Mundo

Habitantes de Papua encontraram destroços do avião desaparecido

Vários habitantes da região oriental da província indonésia de Papua afirmaram hoje ter encontrado os destroços do avião dado como desaparecido com 54 pessoas a bordo, disse uma fonte oficial.

EPA

"O avião foi encontrado [por residentes]. Segundo os residentes, o avião despenhou-se contra uma montanha. Estamos atualmente a verificar as informações", afirmou o diretor-geral dos Transportes Aéreos do Ministério dos Transportes.

O avião da Trigana Air desapareceu hoje ao início do dia, durante um voo entre Jayapura, capital da província indonésia de Papua, na ilha da Nova Guiné, em direção a uma zona remota nas montanhas, ao sul.

Segundo informação oficial o avião contactou a torre de controlo de Oksibil 10 minutos antes da hora prevista para aterrar.

O ATR 42 da Trigana Air perdeu o contacto um pouco antes das 15:00 locais (07:00 em Lisboa), depois de descolar do aeroporto regional de Sentani, que serve a localidade de Jayapura, na província de Papua (sudeste da Indonésia), noticiou a agência de socorro e resgate, numa mensagem na rede social Twitter.

O avião transportava 44 adultos, cinco crianças e cinco membros da tripulação, num voo que deveria durar 45 minutos e com aterragem prevista em Oksibil para pouco depois das 15:00 locais. A aeronave deixou Jayapura cerca de meia hora antes de ser dada como desaparecida.

A Trigana Air é uma pequena companhia criada em 1991, que opera serviços domésticos para perto de 40 destinos na Indonésia.

Pequenas aeronaves são usadas com frequência para transportar pessoas para a zona montanhosa de Papua e o mau tempo já provocou vários acidentes nos últimos anos.

Lusa

  • Zona da Indonésia onde foram encontrados destroços do avião vai ser inspecionada
    0:56

    Mundo

    Já foram os encontrados os destroços do avião com 54 pessoas a bordo que desapareceu esta manhã na Indonésia. O alerta foi dado por habitantes da região oriental da província de Papua. Várias testemunhas dizem ter visto o aparelho chocar contra uma montanha e falam em condições adversas, como vento, chuva e nevoeiro. O aparelho da companhia Trigana Air desapareceu antes de aterrar na ilha de Papua, quando se preparava para finalizar um voo de 45 minutos. Fazia a ligação entre a capital da província, na metade indonésia da ilha da Nova Guiné, e a cidade de Oksibil, uma localidade montanhosa só acessível por via aérea. A bordo seguiam 44 adultos, cinco crianças e cinco membros da tripulação. A zona onde foram encontrados os destroços será inspecionada pelas equipas de buscas, assim que amanhecer no local.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51