sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades chinesas censuram 50 'sites' com críticas às operações em Tianjin

Cinquenta páginas da Internet que continham críticas às operações de socorro e à investigação das explosões ocorridas na quarta-feira no porto de Tianjin, no norte da China, foram encerradas ou suspensas temporariamente pelas autoridades.

© Jason Lee / Reuters

Um comunicado da Administração do Ciberespaço da China, divulgado hoje pela agência oficial Xinhua, refere que os 'sites' "criam pânico publicando informação sem verificá-la ou permitindo aos seus utilizadores divulgar rumores infundados".

Entre os rumores, aponta a administração, estão informações de que "as explosões causaram pelo menos 1.000 mortos" e de que "os supermercados em Tianjin foram saqueados", além de comentários a defender uma mudança do governo no município.

O organismo considera que estas publicações "causam influências negativas", pelo que revogou em permanência as licenças de 18 'sites' e suspendeu temporariamente outros 32, não especificados.

A medida soma-se à censura, anunciada já no sábado, de 360 contas em redes sociais.

A Administração do Ciberespaço promete uma postura de "tolerância zero em relação à divulgação de rumores depois de grandes desastres".

Desde a tragédia, centenas de utilizadores do Weibo (o Twitter chinês) pediram "a verdade da explosão", um dos 'hashtags' utilizados mais vezes na rede na sexta-feira, e criticaram a censura a órgãos de comunicação locais.

Familiares dos bombeiros desaparecidos (85, segundo o balanço mais recente) têm criticado na cidade portuária a falta de assistência e de informação por parte das autoridades.

O balanço hoje divulgado indica que 112 pessoas morreram e 95 continuam desaparecidas, havendo 88 cadáveres não identificados. As explosões causaram mais de 700 feridos.

Um alto quadro militar afirmou hoje que centenas de toneladas de cianeto, químico altamente perigoso, estavam a ser armazenadas no armazém devastado pelas explosões de quarta-feira e onde já voltaram a ocorrer novas explosões e incêndios.

"O volume é de algumas centenas de toneladas, de acordo com estimativas preliminares", afirmou o general Shi Luze, em conferência de imprensa, referindo que o cianeto foi identificado em duas localizações da zona.

A informação dada pelo general Shi Luze é a primeira confirmação oficial da presença dos químicos no armazém.

No sábado, especialistas que colaboram na investigação consideraram ser "possível" que os contentores armazenassem cianeto de sódio, entre outros produtos químicos, como nitrato de amónio, nitrato de potássio e carboneto de cálcio.

O desastre gerou receios de contaminação tóxica, pelo que foram retirados residentes da zona.

Maior porto do norte da China, situado a 150 quilómetros de Pequim, Tianjin é a sede de um município com cerca de 15 milhões de habitantes.

Lusa

  • Explosão próximo do aeroporto de Damasco

    Mundo

    A televisão do movimento xiita libanês Hezbollah, aliado do regime sírio, noticiou hoje que a explosão ocorrida esta madrugada perto do aeroporto de Damasco "foi provavelmente" resultado de um ataque israelita contra depósitos de combustível.

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Macron e Le Pen em troca de acusações
    2:16

    Eleições França 2017

    A campanha eleitoral para a segunda volta em França ficou esta quarta-feira marcada por uma troca de acusações entre os dois candidatos. De visita a uma fábrica em risco de encerramento, Le Pen prometeu que se for eleita salvará os 300 postos de trabalho. Emmanuel Macron acusou a candidata da extrema-direita de aproveitamento político.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • "Esta moda bizarra de não vacinar crianças tem tido estas consequências"
    1:43

    Surto de sarampo

    Há mais um caso de sarampo registado pela Direção-Geral da Saúde, no total já são 25. Francisco George garantiu que a situação não é preocupante para as crianças em idade escolar e recomendou uma discussão parlamentar sobre a vacinação. Mais de 11 mil pessoas já assinaram uma petição pública a defender a vacinação obrigatória. 

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.