sicnot

Perfil

Mundo

Exército sírio mata 70 pessoas, na maioria civis, na cidade de Douma

Pelo menos 70 pessoas, a maioria civis, foram mortos hoje em ataques aéreos pelo regime sírio num mercado na cidade rebelde de Douma, perto de Damasco, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

© Stringer . / Reuters

"O regime atingiu quatro vezes o 'souk' [mercado] no centro da Duma. Há 70 mortos e mais de 200 feridos", disse à AFP Rami Abdel Rahman, responsável do Observatório, uma ONG que tem uma vasta rede de fontes em toda a Síria, um país devastado pela guerra.

"Depois do primeiro ataque, as pessoas juntaram-se num sítio, seguindo-se depois os outros ataques", afirmou, acrescentando que muitos feridos estão em estado grave. "De acordo com informações preliminares, a maioria dos mortos são civis", frisou.

Douma, uma cidade a 13 quilómetros a nordeste de Damasco e controlada pelos rebeldes há mais de dois anos, é regularmente alvo de ataques mortais do exército da Syrian Air, a principal arma do regime contra os insurgentes.

Os ataques de hoje coincidiram com a visita à Síria do responsável pelos Assuntos Humanitários da ONU, Stephen O'Brien, que está na sua primeira visita ao país.

Lusa

  • Marcelo promete entregar carta de menina com paralisia cerebral ao primeiro-ministro
    3:05

    País

    O Presidente da República está preocupado com os cuidadores dos cidadãos que precisam de cuidados paliativos. No Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, que se assinalou este sábado, Marcelo Rebelo de Sousa visitou a Casa do Tejo, em Algés, onde três famílias de crianças com paralisia cerebral e outros problemas de saúde são recebidas em conjunto com os pais para que toda a famíla possa receber apoio de técnicos especializados. O Presidente recebeu uma carta de uma menina de 5 anos, com paralisia cerebral, e prometeu que a vai entregar ao primeiro-ministro, para que seja aberta uma porta legislativa mais larga para os problemas das pessoas deficientes.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02