sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 840 militares do Exército ucraniano estão dados como desaparecidos

Mais de 845 militares do Exército ucraniano estão dados como desparecidos em combate, após 16 meses de conflito armado no leste da Ucrânia, disse Irina Geraschenko, da delegação de Kiev no processo de paz de Minsk.

© Valentyn Ogirenko / Reuters

O número de militares do Exército ucraniano mortos ultrapassa os 1.700, enquanto 173 soldados foram feitos prisioneiros, segundo dados do Serviço de Segurança da Ucrânia, que informou, entretanto, que 2.852 militares foram libertados do cativeiro pelas forças pró-Moscovo.

Há dois dias, segundo a agência noticiosa Efe, o juiz militar da Ucrânia, Anatoli Matios, afirmou que as forças de Kiev perderam mais de meio milhar de militares, entre mortos e desaparecidos, no cerco, há um ano, à localidade de Ilovaisk.

Lusa

  • Buscas e apreensões na esquadra da PSP na Brandoa

    País

    O Ministério Público de Sintra esteve a fazer buscas e apreensões, esta manhã, na esquadra da PSP da Brandoa, no concelho da Amadora. De acordo com a Procuradoria-Gera Distrital de Lisboa, em causa estão crimes de corrupção passiva e ativa e abuso de poder.

  • Portugueses divididos na recondução da procuradora-geral da República
    1:31
  • "Os castigos incluiam sovas frequentes e até estrangulamento"
    5:03
  • Teste ao sangue deteta oito tipos de cancro

    Mundo

    Um novo teste sanguíneo experimental permitiu detetar precocemente os oito cancros mais frequentes em 70 por cento dos casos, de acordo com um estudo publicado na revista Nature feito por investigadores nos Estados Unidos.