sicnot

Perfil

Mundo

Ministro brasileiro defende diálogo e critica intolerância após manifestações

O ministro brasileiro da Comunicação Social, Edinho Silva, defendeu esta segunda-feira o diálogo da Presidente Dilma Rousseff com a sociedade e criticou a intolerância, um dia após protestos contra o Governo ocorrerem pelo país.

O ministro afirmou que Rousseff irá intensificar o diálogo com a sociedade e grupos políticos, e negou que seja tarde demais para essa abertura, ao ser questionado sobre a crise política. (Arquivo)

O ministro afirmou que Rousseff irá intensificar o diálogo com a sociedade e grupos políticos, e negou que seja tarde demais para essa abertura, ao ser questionado sobre a crise política. (Arquivo)

© Ueslei Marcelino / Reuters

"Há um ambiente de intolerância que temos de trabalhar para desfazer. O Brasil sempre conviveu com a diversidade religiosa, cultural e política", afirmou Silva em declarações à imprensa, realçando que a intolerância parte tanto de setores da coligação do governo como de opositores.

O ministro afirmou que Rousseff irá intensificar o diálogo com a sociedade e grupos políticos, e negou que seja tarde demais para essa abertura, ao ser questionado sobre a crise política.

Os protestos realizados no domingo contra o Governo Rousseff verificaram-se em cidades de todos os 25 Estados brasileiros, incluindo Brasília (região centro-oeste), São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte (sudeste), Curitiba (sul), Salvador e Recife (nordeste).

A Presidente, que reuniu-se ainda no domingo com quatro ministros para discutir o tema, voltou a convocar uma reunião para hoje, com integrantes da coordenação política do Governo, entre eles Edinho Silva.

O ministro da Comunicação Social afirmou também que o Governo trabalha para superar as dificuldades, com ações para a recuperação da economia e para o combate à corrupção. "Queremos um ambiente de otimismo, de acreditar no Brasil, na sua força. Se acreditarmos, em breve estaremos saindo das dificuldades, e voltando a crescer, e a gerar emprego", afirmou.

Ao ser questionado sobre a menor participação popular nas manifestações de domingo, em comparação com atos anteriores, Silva afirmo que os protestos foram "importantes" independentemente do número de presentes, e que o Governo os reconhece "como parte do regime democrático" que está a ser construído no Brasil.

Lusa

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • Duas opções do círculo mais próximo de António Costa
    1:41
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.