sicnot

Perfil

Mundo

Quadrigémeos alemães, de mãe de 65 anos, saem em breve do hospital

Os quadrigémeos que nasceram de uma alemã com 65 anos há três meses estão bem e saem do hospital dentro de dias, anunciaram hoje a imprensa alemã.

© Stringer Indonesia / Reuters

A estão televisiva alemã RTL apresentou o que alega ser o primeiro conjunto de imagens de Neeta, Dries, Bence e Fijon, os quatro gémeos que nasceram em maio, na 26.ª semana de gravidez da mãe, de 65 anos.

"Podemos ver que as crianças estão bem. Sentem-se bem com a sua mãe", disse o diretor dos serviços neonatais do hospital Charite, em Berlim, onde as crianças têm estado a ser tratadas desde o nascimento.

O nascimento destes quadrigémeos gerou intensa controvérsia na Alemanha, na medida em que a mãe das crianças, Annegret Raunigk, com 65 anos, já tinha 13 filhos e sete netos, tendo dado à luz de cesariana depois de ter recebido um tratamento de fertilidade na Ucrânia, com recurso a um dador anónimo de esperma e de óvulos.

Os três rapazes e uma rapariga, que pesavam entre 655 e 960 gramas na altura do nascimento, foram descritos pelo médico como "casos de absoluto alto risco".

Dois dos recém-nascidos tiveram de receber ajuda para respirarem, e outros dois tiveram de ser submetidos a cirurgia, acrescentou o responsável, que explicou que agora as crianças já têm 75% do peso normal e já são "crianças normais".

"Como é que uma pessoa tem de ser aos 65 anos?", questionou a mãe, quando se soube da intenção de aceder ao pedido da filha mais nova, de 9 anos, e dar-lhe um irmão ou irmã mais novo.

"Aparentemente, temos sempre de corresponder a um outro cliché, o que me parece bastante cansativo. Cada um tem de pensar por si próprio", disse Annegret Raunigk, citada pela RTL.

Lusa

  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • A história de um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo
    5:52

    Desporto

    Um dos maiores fãs de Cristiano Ronaldo não perdeu a oportunidade de se deslocar à Madeira, para conhecer o ídolo e o local onde Cristiano nasceu e cresceu. Lucas Mendes é brasileiro, tem apenas 23 anos e criou a página de fãs de Ronaldo mais seguida no Brasil.

  • Os seus descontos para a Segurança Social estão em ordem?
    7:50
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Os portugueses estão cada vez mais preocupados com a reforma. O valor que se vai receber depende dos descontos que se fizerem para a Segurança Social. Mas há contabilistas que cometem burlas com o dinheiro dos clientes, há esquecimentos, e empresas que deixam de pagar as contribuições por falta de verbas. O Contas Poupança explica-lhe como pode ver neste instante se todos os seus descontos estão nos cofres da Segurança Social, e corrigir algum erro antes que seja tarde demais.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.