sicnot

Perfil

Mundo

Oito estrangeiros entre as vítimas mortais da explosão em Banguecoque

Oito estrangeiros entre as vítimas mortais da explosão em Banguecoque

A polícia tailandesa informou hoje que oito estrangeiros morreram na explosão de segunda-feira no centro de Banguecoque. O atentado fez pelo menos 21 mortos e 120 feridos.

Entre as vítimas mortais estrangeiras duas vinham da China, duas de Hong Kong, duas da Malásia, uma da Indonésia e uma de Singapura.

Foram também confirmadas as identidades de cinco tailandeses.

Entre os feridos, a maioria, 42, é de nacionalidade tailandesa e 28 são chineses. As autoridades dão ainda conta de feridos do Japão, Hong Kong, Indonésia, Malásia, Omã, Filipinas e Singapura, sem especificar números.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, já divulgou um comunicado condenando o ataque e manifestante choque.

O templo Erawan fica no coração da capital tailandesa, junto ao hotel de cinco estrelas Grand Hyatt Erawan, rodeado de vários outros hotéis e lojas que atraem milhares de visitantes diariamente.

Na segunda-feira, pelas 18:30 (12:30 em Lisboa), uma bomba explodiu no templo. Ainda não se sabe quem está por detrás do ataque.

Desde maio de 2014 que a Tailândia é governada por uma junta militar, que assumiu o poder depois de meses de violentos protestos contra o ex-Governo eleito.

O país, uma monarquia, continua tenso e profundamente dividido, mais de uma década depois de uma grande turbulência política, que inclui dois golpes de Estado.

Com Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos únicos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Tiroteio em Espanha causa três mortos

    Mundo

    Um tiroteio na cidade espanhola de Teruel, na região de Aragão, fez esta quinta-feira três mortos, entre os quais dois elementos da Guardia Civil. O atirador está em fuga.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC