sicnot

Perfil

Mundo

Residentes homenageiam vítimas uma semana após explosões em Tianjin

Uma semana depois das explosões que mataram 114 pessoas em Tianjin, na China, os residentes prestam homenagem às vítimas.

Flores e velas foram deixadas perto do hospital que recebe a maioria dos feridos.

Flores e velas foram deixadas perto do hospital que recebe a maioria dos feridos.

© Kim Kyung Hoon / Reuters

Flores e velas foram deixadas perto do hospital que recebe a maioria dos feridos. O mesmo aconteceu em outras zonas da cidade, como em abrigos temporários, ou no local onde ocorreram as duas explosões.

Mais de 700 pessoas ficaram feridas e 57 continuam desaparecidas, na maioria bombeiros.

  • Confirmadas toneladas de cianeto na zona das explosões na China
    2:14

    Mundo

    Centenas de toneladas de cianeto estavam armazenadas no armazém de Tianjin, no norte da China, onde, esta semana, ocorreram violentas explosões. Esta é a primeira confirmação oficial da presença de químicos perigosos no local. A contagem de vítimas do acidente industrial está já nos 112 mortos. Há ainda perto de 100 desaparecidos.

  • Revelada ligação entre empresa de armazéns em Tianjin e governo local
    1:58

    Mundo

    A revista económica chinesa Caijing escreve hoje que quem realmente controla a empresa proprietária do terminal de contentores do porto de Tianjin, onde se registaram fortes explosões, é o filho de um antigo alto dirigente do governo local. Entretanto a Toyota anunciou a suspensão temporária da produção em três fábricas da China devido aos efeitos das explosões. Duas das três linhas de produção da marca japonesa estão localizadas perto do local do acidente e por isso tiveram de ser evacuadas. A explosão de quarta-feira que fez 114 vítimas mortais levou, esta manhã, centenas de moradores às ruas que ficaram com as casas destruídas e reclamam respostas e o apoio do governo.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.