sicnot

Perfil

Mundo

Polícia tailandesa procura cúmplices do suspeito do atentando em Banguecoque

Polícia tailandesa procura cúmplices do suspeito do atentando em Banguecoque

As autoridades tailandesas investigam a existência de possíveis cúmplices que ajudaram o suspeito do ataque da passada segunda-feira no centro de Banguecoque, quando uma bomba explodiu, matando 20 pessoas e ferindo 123, indicou a polícia.

As câmaras de segurança do recinto religioso onde foi colocado o explosivo captaram um jovem que abandonou uma mochila, onde se acredita que estava escondida uma bomba.

"Suspeitamos que ele é o autor (...) Também procuramos outros suspeitos com ligação à explosão. Este tipo de ataques não é geralmente planeado por uma só pessoa", indicou Prawut Thawornsiri, porta-voz da polícia nacional.

As autoridades não precisaram se o principal suspeito é tailandês ou estrangeiro.

Até à manhã de hoje ninguém tinha reivindicado a autoria do ataque.

Com Lusa

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.