sicnot

Perfil

Mundo

Vulcão no sudoeste do Japão regista pequena erupção

O monte Sakurajima, situado no sudoeste do Japão, registou esta quarta-feira uma pequena erupção após vários dias de alerta na zona perante o aumento da atividade sísmica em torno do vulcão.

uma das crateras do Sakurajima, situada junto à cidade de Kagoshima (ilha de Kyushu), registou uma pequena erupção pelas 03:13 (18:13 de terça-feira em Lisboa).

uma das crateras do Sakurajima, situada junto à cidade de Kagoshima (ilha de Kyushu), registou uma pequena erupção pelas 03:13 (18:13 de terça-feira em Lisboa).

© KYODO Kyodo / Reuters

Segundo informou hoje a Agência Meteorológica do Japão (JMA), uma das crateras do Sakurajima, situada junto à cidade de Kagoshima (ilha de Kyushu), registou uma pequena erupção pelas 03:13 (18:13 de terça-feira em Lisboa).

O organismo captou imagens da erupção graças a uma câmara de alta definição.

A agência elevou no passado dia 15 de agosto de 3 para 4, numa escala de 5, o seu nível de alerta para o Sakurajima, com 1.117 metros de altura, perante o aumento dos sismos vulcânicos, o que obrigou à deslocação de cerca de 70 pessoas que residem a três quilómetros de duas crateras.

O número de sismos em torno do Sakurajima tem diminuído nos últimos dias, mas a JMA acredita que a pressão na câmara de magma do vulcão é bastante alta, o que aumenta a possibilidade de que se produza uma "erupção de grande escala" nos próximos dias, explicou a agência em comunicado.

O vulcão está localizado a 50 quilómetros da central nuclear de Sendai, que foi reativada no passado dia 11 de agosto, após dois anos de apagão nuclear motivado pelo acidente causado na central de Fukushima devido ao sismo e tsunami que abalou o noroeste do país em março de 2011.

No entanto, a Kyushu Electric Power, operadora da central, já rejeitou que uma erupção de grande escala possa afetar o normal funcionamento da central.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.