sicnot

Perfil

Mundo

Polícia suspeita de dez implicados no atentado de Banguecoque

A polícia tailandesa afirmou esta quinta-feira que suspeita que pelo menos dez pessoas estejam implicadas no atentado de segunda-feira, que matou 20 pessoas em Banguecoque, segundo o portal do canal Thai PBS.

Ao final da tarde de segunda-feira uma bomba explodiu no templo Erawan matando 20 pessoas e ferindo mais de 100. O atentado ainda não foi reivindicado.

Ao final da tarde de segunda-feira uma bomba explodiu no templo Erawan matando 20 pessoas e ferindo mais de 100. O atentado ainda não foi reivindicado.

© Athit Perawongmetha / Reuters

O chefe da polícia, Somyot Poompanmuang, indicou que o ataque foi planeado por uma rede, a que alguns tailandeses disponibilizaram explosivos.

No entanto, a junta militar acredita que o ataque não foi levado a cabo por uma organização terrorista global, apesar de um estrangeiro ter sido identificado como principal suspeito.

"É improvável que seja o trabalho de um grupo terrorista internacional", disse Winthai Suvaree, porta-voz da junta militar, acrescentando que os cidadãos "chineses não eram um alvo direto".

Ao final da tarde de segunda-feira uma bomba explodiu no templo Erawan matando 20 pessoas e ferindo mais de 100. O atentado ainda não foi reivindicado.

Lusa

  • Pelo menos 27 pessoas morreram após explosão em Banguecoque
    1:17

    Mundo

    A explosão que ocorreu em Banguecoque, na Tailândia, vitimou 27 pessoas, até ao momento. Entre as vítimas estão dois turistas chineses e um filipino. A explosão aconteceu numa zona comercial, em hora de ponta. As autoridades encontraram um segundo engenho que foi detonado e, no local, poderá estar ainda uma terceira bomba. As suspeitas recaem sobre separatistas muçulmanos do sul do país.

  • Identificado suspeito de atentado na Tailândia

    Mundo

    O líder da junta militar tailandesa disse hoje que as autoridades procuram um "suspeito", que aparece nas gravações das câmaras de videovigilância, no local, em Banguecoque, onde explodiu uma bomba que matou pelo menos 21 pessoas e feriu 123.

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.