sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos cinco migrantes feridos em confrontos na fronteira entre Grécia e Macedónia

GALERIA DE FOTOS

Pelo menos cinco migrantes ficaram feridos quando a polícia macedónia lançou granadas de ruído junto à fronteira do país com a Grécia, disse um fotojornalista da agência de notícias AFP.

© Alexandros Avramidis / Reuter

© Alexandros Avramidis / Reuter

© Alexandros Avramidis / Reuter

© Alexandros Avramidis / Reuter

© Alexandros Avramidis / Reuter

© Ognen Teofilovski / Reuters

© Alexandros Avramidis / Reuter


Mais de 3.000 migrantes, na sua maioria sírios, estão retidos nas proximidades da cidade grega de Eidomeni, depois de a Macedónia ter declarado o estado de emergência, na quarta-feira, e enviado tropas para ajudar a conter o fluxo migratório dos que tentam atravessar a fronteira para o lado macedónio, com o objetivo de chegar ao norte da Europa.

A polícia de intervenção disparou granadas e enfrentou centenas de migrantes, incluindo mulheres e crianças, que estavam reunidos na fronteira.

As granadas provocaram nuvens de fumo e as pessoas correram para se abrigar, de acordo com o relato de um fotojornalista da agência francesa AFP.

As autoridades macedónias negam, no entanto, que tenha ocorrido qualquer conflito.

O porta-voz do ministro do Interior, Ivo Kotevski, disse à AFP que "não houve incidentes, nem bombas de gás lacrimogéneo... nada disso se passou do lado da Macedónia".

Lusa

  • Fogo na baixa do Porto provoca quatro feridos, dois em estado grave
    1:38

    New Articles

    Um incêndio em três habitações na baixa do Porto, que deflagrou esta noite, provocou quatro feridos, dois em estado grave. O fogo que foi extinto pelos Bombeiros Sapadores do Porto causou cinco desalojados, dos quais quatro foram acolhidos por familiares e um realojado pela junta de freguesia. Desconhece-se a origem das chamas que destruíram três casas.

  • O primeiro dia de Donald Trump na Casa Branca
    3:05
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.