sicnot

Perfil

Mundo

Governo brasileiro anuncia que vai cortar 10 dos atuais 39 ministérios

O Governo brasileiro irá cortar 10 dos atuais 39 ministérios até ao fim de setembro, a fim de reduzir os gastos públicos e promover um excedente fiscal, afirmou hoje o ministro do Planeamento, Nelson Barbosa.

© Sergio Moraes / Reuters

O número de cargos e de secretarias do Executivo também deve ser diminuído, informou Nelson Barbosa em declarações à imprensa após a reunião de coordenação política do Governo, que se realiza às segundas-feiras.

Para o ministro, a reforma ministerial irá "melhorar a gestão da máquina pública".

Outras medidas que serão tomadas para cortar gastos são a diminuição das contas de luz e água dos ministérios e dos gastos com passagens aéreas.

Nelson Barbosa afirmou ainda que os investimentos em programas sociais não serão prejudicados, mas não divulgou quais os ministérios que devem desaparecer.

A reforma ministerial, apesar de dar bons sinais ao mercado financeiro, pode desagradar aos partidos que integram a coligação da Presidente Dilma Rousseff, que poderá perder cargos nos ministérios.

A medida, portanto, pode prejudicar a governabilidade do país, que vive presentemente crises política e económica.

O vice-Presidente Michel Temer irá sair da articulação política do Governo com o Legislativo, função que está a exercer para encontrar consensos para votações.

Segundo a Globo News, o vice-Presidente reuniu-se hoje com Rousseff e decidiu que continuará no cargo, mas deixará a articulação com parlamentares.

O Governo brasileiro ainda não se manifestou oficialmente sobre o tema.

Lusa

  • 2,1%. As reações ao défice de 2016

    Economia

    O défice orçamental ficou mesmo nos 2,1% do PIB. Os partidos já reagiram àquele que é o valor mais baixo em democracia.

  • Comboios Alfa vão ter bancos com tomadas elétricas e wi-fi
    2:06
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Nus e acorrentados em frente a Auschwitz

    Mundo

    Catorze pessoas com idades entre os 20 e os 27 anos despiram-se e acorrentaram-se em frente ao portão de Auschwitz, antigo campo de concetração nazi na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. Ninguém sabe ainda porquê.

  • A coleção de gerigonças de Ana Catarina Mendes
    1:51
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33
  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07