sicnot

Perfil

Mundo

Habitantes de Caracas proibidos de fazer fila de noite à porta dos supermercados

As autoridades da capital venezuelana proibiram os cidadãos de fazerem fila à porta dos supermercados fora do horário de funcionamento, principalmente à noite, por considerarem que estimula a especulação e as vendas ilegais.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

O chefe do Governo Distrital de Caracas, Juan Dugarte, anunciou a medida durante uma entrevista no canal privado Televen, indicando que foram constituídas "brigadas populares" para vigiar os supermercados.

"É proibido fazer filas fora do horário de abertura ao público, porque gerentes, caixeiros e outros trabalhadores, bem como distribuidores de alimentos, avisam os especuladores sobre a chegada de produtos de consumo, que por lei são vendidos a preços baixos", afirmou.

Na Venezuela são cada vez mais frequentes as longas filas de clientes juntos dos supermercados, mesmo antes da abertura de portas, à espera para conseguir comprar produtos básicos que escasseiam e que são vendidos mesmo antes de serem colocados nas prateleiras.

Entre esses produtos estão o arroz, a farinha de milho, a margarina, o açúcar, o óleo vegetal, o café, os sabonetes e papel higiénico.

O Governo venezuelano atribui a escassez ao contrabando de produtos para a vizinha Colômbia e ao açambarcamento por parte de revendedores ilegais.

A oposição acusa o Governo de dificultar a produção local e de atrasar a entrega dos dólares que os empresários necessitam para fazer as respetivas importações de produtos.

Na Venezuela vigora desde 2003 um sistema de controlo cambial que impede a livre obtenção de moeda estrangeira no país. Para aceder aos dólares para as importações, os empresários têm que pedir autorização ao Estado.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.