sicnot

Perfil

Mundo

Habitantes de Caracas proibidos de fazer fila de noite à porta dos supermercados

As autoridades da capital venezuelana proibiram os cidadãos de fazerem fila à porta dos supermercados fora do horário de funcionamento, principalmente à noite, por considerarem que estimula a especulação e as vendas ilegais.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

O chefe do Governo Distrital de Caracas, Juan Dugarte, anunciou a medida durante uma entrevista no canal privado Televen, indicando que foram constituídas "brigadas populares" para vigiar os supermercados.

"É proibido fazer filas fora do horário de abertura ao público, porque gerentes, caixeiros e outros trabalhadores, bem como distribuidores de alimentos, avisam os especuladores sobre a chegada de produtos de consumo, que por lei são vendidos a preços baixos", afirmou.

Na Venezuela são cada vez mais frequentes as longas filas de clientes juntos dos supermercados, mesmo antes da abertura de portas, à espera para conseguir comprar produtos básicos que escasseiam e que são vendidos mesmo antes de serem colocados nas prateleiras.

Entre esses produtos estão o arroz, a farinha de milho, a margarina, o açúcar, o óleo vegetal, o café, os sabonetes e papel higiénico.

O Governo venezuelano atribui a escassez ao contrabando de produtos para a vizinha Colômbia e ao açambarcamento por parte de revendedores ilegais.

A oposição acusa o Governo de dificultar a produção local e de atrasar a entrega dos dólares que os empresários necessitam para fazer as respetivas importações de produtos.

Na Venezuela vigora desde 2003 um sistema de controlo cambial que impede a livre obtenção de moeda estrangeira no país. Para aceder aos dólares para as importações, os empresários têm que pedir autorização ao Estado.

Lusa

  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.