sicnot

Perfil

Mundo

Presidente francês condecora "heróis do Thalys" com Legião de Honra

O presidente francês condecorou hoje com a Legião de Honra três passageiros norte-americanos e um britânico do comboio entre Amesterdão e Paris que, na sexta-feira, evitaram "uma verdadeira carnificina".

© Philippe Wojazer / Reuters

"Na sexta-feira à noite, um indivíduo tinha decidido cometer um atentado no Thalys [nome do comboio de alta velocidade que liga Amesterdão e Paris]. Possuía armas suficientes e munições para causar uma verdadeira carnificina", disse François Hollande.

"Era o que ele teria feito, se não o tivessem impedindo, correndo todos os riscos, incluindo o da própria vida", declarou Hollande, durante a cerimónia de condecoração, que decorreu no Eliseu.

"Como testemunho do nosso reconhecimento, atribuo-vos excecionalmente a Legião de Honra, a mais alta distinção" do Estado francês, sublinhou.

A cerimónia decorreu no terceiro dia da detenção preventiva do marroquino Ayub El Khazzani, que afirmou não pretender cometer qualquer ato terrorista.

Os investigadores das brigadas antiterroristas francesas continuam a interrogar o homem, de 25 anos, sinalizado pelos serviços de informações de Espanha, França, Alemanha e Bélgica.

Khazzani negou qualquer ato terrorista e afirmou que pretendia roubar os passageiros do 'Thalys'.

Esta versão é posta em causa pelos investigadores e pelos passageiros norte-americanos. A detenção preventiva pode manter-se até terça-feira à noite.

Os norte-americanos Spencer Stone, de 23 anos, Alek Skarlatos, de 22 - dois militares em férias - e o amigo Anthony Sadler, de 23, e o britânico Chris Norman, de 62, tornaram-se heróis planetários e foram condecorados com a Legião de Honra pelo presidente François Hollande.

A entrega da condecoração decorreu na presença dos primeiros-ministros belga, Charles Michel, e francês, Manuel Valls, e de vários ministros do governo socialista, incluindo o ministro do Interior, Bernard Cazaneuve. Representantes da polícia, dos serviços de socorro e médicos também assistiram à cerimónia.

O chefe de Estado francês prestou homenagem à "coragem e ao sangue-frio" destes quatro homens, que - disse - "encarnam o bem da humanidade" perante "o mal que é o terrorismo".

O passageiro francês que tentou, desde o início, neutralizar o suspeito - um homem de 28 anos que trabalha para um banco francês em Amesterdão e que quer manter o anonimato - e um franco-norte-americano Mark Moogalian, de 51 anos, ferido a tiro durante o ataque serão condecorados posteriormente, disse fonte do Eliseu.

Moogalian continua hospitalizado em Lille (norte de França).

De acordo com o inquérito, o atacante entrou no comboio de alta velocidade "na Bélgica com armas, sem dúvida adquiridas na Bélgica e tinha identificação obtida em Espanha".

O indivíduo viveu sete anos em Espanha, entre 2007 e 2014, onde era conhecido por defender a 'jihad' (guerra santa). De acordo com os serviços de informações espanhóis, o marroquino viajou de França para a Síria, o que o acusado negou.

Lusa

  • E agora?
    15:07

    Reportagem Especial

    Há uma semana, Portugal voltou a ser palco de uma tragédia que matou pelo menos 44 pessoas e deixou cerca de 70 feridas. Os incêndios destruíram mais de 800 casas, dezenas de empresas e explorações agropecuárias, mataram milhares de animais e consumiram uma gigantesca área de floresta. A reportagem da SIC andou pelo concelho de Tondela, onde três pessoas morreram e o levantamento de prejuízos ainda não está fechado.

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • "Não compreendi absolutamente nada a substituição do Casillas"
    1:58
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    Os guarda-redes de FC Porto e Benfica estão neste momento em destaque depois de José Sá ter assumido a baliza dos dragões em detrimento de Iker Casillas. Nas águias, Svilar repetiu a titularidade frente ao Desportivo das Aves. Os comentadores do programa Play-Off Rodolfo Rei, Rui Santos, João Alves e Manuel Fernandes analisaram as duas situações.

  • Famílias afetadas pelos fogos começam a receber bens de primeira necessidade
    2:30
  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31

    Mundo

    O cão do Presidente francês voltou a ganhar destaque durante uma reunião de Macron com dois secretários de Estado. O labrador de dois anos foi filmado a urinar numa lareira do Palácio do Eliseu, enquanto decorria a reunião no gabinete do presidente. O momento já se tornou viral na internet.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17