sicnot

Perfil

Mundo

Atacante do TGV em França tinha 270 munições de espingarda de assalto

O autor do ataque perpetrado na sexta-feira no comboio que fazia a ligação Amsterdão-Paris tinha uma AKM (versão da famosa espingarda de assalto 'Kalashnikov'), 270 munições e uma garrafa de meio litro com combustível, segundo fonte judicial.

Os investigadores franceses determinaram que Ayoub el-Khazzani, marroquino de 25 anos, chegou à Europa a 04 de junho num voo a partir da Turquia, revelou hoje o procurador da República François Molins, em conferência de imprensa citada pela agência noticiosa France Presse (AFP).

O suspeito compareceu hoje à tarde perante o Palácio de Justiça de Paris, onde chegou a bordo de um carro sem identificação da polícia, de pés descalços, olhos vendados, vestido com uma bata de hospital e algemado, segundo imagens do canal televisivo francês iTELE.

Os magistrados deverão aprovar a instauração da sua acusação e a sua colocação em prisão preventiva.

Ayoub el-Khazzani nega ter tentado perpetrar um atentado terrorista, defendendo que apenas queria roubar os passageiros do comboio.

No entanto, uma análise ao seu telemóvel revelou que o atacante visualizou um vídeo de cantos 'jihadistas' no sítio da Internet de partilha de vídeos Youtube antes de entrar no comboio, na sexta-feira, segundo fonte ligada ao processo citada pela AFP.

Ayoub el-Khazzani "viu o vídeo entre o momento em que comprou o bilhete e o momento em que entrou no comboio", algumas horas depois, segundo a fonte.

Num discurso perante os embaixadores franceses reunidos em Paris, o Presidente François Hollande afirmou que o ataque deve incitar a França a estar preparada para mais atentados.

"Estamos expostos, e a agressão de sexta-feira poderia ter sido uma carnificina monstruosa sem a coragem de vários passageiros, nomeadamente militares norte-americanos", acrescentou.

De acordo com as autoridades, o atentado teria "sem dúvida" sido uma tragédia sem a intervenção dos passageiros que dominaram Ayoub El Khazzani, quando este saiu da casa de banho fortemente armado.

Lusa

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.