sicnot

Perfil

Mundo

Tribunal militar condena realizador ucraniano a 20 anos de prisão na Rússia

Na Rússa, um tribunal militar condenou hoje um realizador ucraniano a 20 anos de prisão. Oleg Sentsov, de 39 anos, foi detido o ano passado num protesto contra a anexação russa da Crimeia.

© Stringer Russia / Reuters

É acusado de crime de conspiração para a realização de um ato de terrorismo. Segundo a acusação, Sentsov que vivia na península esteve envolvido num plano para explodir um monumento dedicado a Lenine e numa tentativa de incendiar a sede de um partido pró-russo.

O realizador negou todas as acusações e diz que foi torturado pela polícia russa. Detido na mesma altura, um outro ativista ucraniano foi também condenado a 10 anos de prisão.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.