sicnot

Perfil

Mundo

Tribunal militar condena realizador ucraniano a 20 anos de prisão na Rússia

Na Rússa, um tribunal militar condenou hoje um realizador ucraniano a 20 anos de prisão. Oleg Sentsov, de 39 anos, foi detido o ano passado num protesto contra a anexação russa da Crimeia.

© Stringer Russia / Reuters

É acusado de crime de conspiração para a realização de um ato de terrorismo. Segundo a acusação, Sentsov que vivia na península esteve envolvido num plano para explodir um monumento dedicado a Lenine e numa tentativa de incendiar a sede de um partido pró-russo.

O realizador negou todas as acusações e diz que foi torturado pela polícia russa. Detido na mesma altura, um outro ativista ucraniano foi também condenado a 10 anos de prisão.

  • "Os castigos incluiam sovas frequentes e até estrangulamento"
    5:03
  • Documentos envolvem presidente de IPSS em práticas ilegais
    5:45