sicnot

Perfil

Mundo

Dois jornalistas norte-americanos assassinados em direto

EM ATUALIZAÇÃO

Dois jornalistas do canal televisivo WDBJ do estado norte-americano de Virgínia foram hoje mortos a tiro durante uma transmissão em direto, segundo a agência France Presse (AFP).

http://www.wdbj7.com/Jornalista Alison Parker e Adam Ward, repórter de imagem foram assassinados em direto

http://www.wdbj7.com/Jornalista Alison Parker e Adam Ward, repórter de imagem foram assassinados em direto

No vídeo transmitido pela afiliada local da televisão CBS, tiros podem ser ouvidos antes de o operador de câmara, Adam Ward, cair no chão.

Alison Parker, de 24 anos, repórter que apresentava a reportagem, que faria parte do programa matinal do canal televisivo, também foi morta.

"Não sabemos o motivo", declarou o diretor, acrescentando que o atirador, cuja identidade também se desconhece, ainda está em fuga.

Vicki Gardner, diretora de uma Câmara de Comércio regional que estava a ser entrevistada, foi atingida nas costas e está a ser submetida a uma cirurgia, segundo o jornal local Roanoke Times.

Durante breves momentos, a câmara filmou a cara do atirador e segundo a AFP, a polícia está de momento a procurar o atacante.

Lusa

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".