sicnot

Perfil

Mundo

Lá em casa somos nós, mais 9.000

Desengane-se se pensa que o seu agregado familiar é o que inscreve, todos os anos, no seu IRS. Lá por casa vivem muitos mais mas não se deixam ver. São pequenos, muito pequenos, aos milhares e conhecidos por fungos e bactérias.

Bactéria Streptococcus que está entre as 7.000 identificadas pelos cientistas

Bactéria Streptococcus que está entre as 7.000 identificadas pelos cientistas

Eles estão por todo lado. Fungos e bactérias. De acordo com uma investigação da Universidade do Colorado, em Boulder chegam a ser 9.000 dentro de casa.

Os cientistas analisaram 1.200 amostras de pó de habitações, nos Estados Unidos. Descobriram que o tipo de fungos e bactérias são determinados pela localização da casa, quem lá vive e pelos animais de estimação.

Noah Fierer, professor de Ecologia e Biologia Evolutiva explica: "Sabemos, há muito, que os micróbios vivem nas nossas casas. O que pertendemos, com esta investigação 'à moda antiga', é perceber de que forma variam de acordo com o espaço."

O projeto intitula-se "Vida Selvagem das Nossas Casas" e põe a nu a fauna e a flora lá de casa, ou melhor, a biota (no caso dos fungos) e microbiota (no caso das bactérias), que é como são classificadas estas formas de vida.

Os 1.200 voluntários, espalhados pelos Estados Unidos, recolheram amostras de pó, especialmente das ombreiras das portas, local onde, explicam os cientistas, é frequentemente esquecido em dia de limpezas.

Resultado: são aos milhares.

Só fungos foram descobertos 2.000 diferentes, Variam de acordo com a localização da casa e muitos chegam à boleia. "Entram nas nossas casas através das roupas que vestimos, pelas janelas e portas", explica o responsável pela investigação, Noah Fierer.

Bactérias são 7.000. Foram identificadas as mais comuns, as Staphylococcus e Streptococcus, associadas à pele humana e também as Bacteroides e Faecalibacterium, associadas às fezes.

Ficou a saber-se também que as espécies variam de acordo com o género: "Descobrimos bactérias distintas em casas habitadas por mulheres e casas onde, por exemplo, vive apenas um homem. Há bactérias mais comuns, nos corpos das mulheres e outras nos homens e isso é visível nas amostras que recebemos".

Também os animais de estimação dão um forte contributo para a variedade de fungos e bactérias dentro de casa.

O passo seguinte na investigação é saber como, quando partilhamos a casa, microrganismos incluídos, a saúde dos visitantes é afetada.

Já se sabe que os micróbios estão vulgarmente associados a doenças e alergias, mas os investigadores dizem que muitos até são inofensivos e alguns benéficos para a saúde.

"As pessoas não têm que se preocupar com os micróbios em casa. Estão à nossa volta, na nossa pele, por toda a casa e são na maioria inofensivos" reforça Noah Fierer.

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à UE e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido perdão da dívida como os partidos da esquerda chegaram a defender.

  • Ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal fala de acidente 
    2:00
  • "Têm um verdadeiro amigo na Casa Branca"

    Mundo

    O Presidente norte-americano reafirmou esta sexta-feira o apoio ao direito de porte de armas no país, sublinhando, numa convenção daquele 'lobby', que "o ataque de oito anos às liberdades consagradas no Artigo 2.º [da Constituição]" terminou.

  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Presidente da Macedónia convocou reunião de emergência

    Mundo

    O Presidente da Macedónia, Gjorge Ivanov, convocou esta sexta-feira uma reunião de emergência com líderes políticos, após manifestantes, maioritariamente apoiantes da maioria conservadora, invadirem o Parlamento e atacarem deputados da oposição, fazendo 77 feridos.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.