sicnot

Perfil

Mundo

Ministros do Interior e dos Transportes da UE debatem segurança no sábado em Paris

Os ministros do Interior e dos Transportes da UE vão reunir-se no sábado, em Paris, para debater medidas de segurança, depois do ataque na passada semana num comboio de alta velocidade, impedido por passageiros.

Os ministros vão debater "propostas muito concretas" para reforçar os dispositivos de vigilância criados no âmbito da luta antiterrorista, afirmou o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, algumas horas depois de o atacante marroquino ter sido acusado pelo ataque terrorista no comboio Thalys entre Amesterdão e Paris, na sexta-feira.

O responsável francês afirmou, numa entrevista à emissora de rádio France Inter, que a sua principal proposta é avaliar, sem modificar os acordos de Schengen, se é possível realizar controlos coordenados e simultâneos em vários países, aproveitando as fichas dos serviços secretos sobre pessoas potencialmente perigosas.

"É preciso ver se é possível ativar um dispositivo que permita controlar nos aeroportos, nos meios de transporte, de forma sistemática e mais coordenada, quem utiliza um meio de transporte", disse.

Na opinião do ministro, estes controlos são possíveis "sem alterar Schengen", uma vez que "não seriam controlos obrigatórios", proibidos pelos tratados europeus de livre circulação.

O autor do ataque frustrado contra o Thalys, o marroquino Ayub El Khazzani, de 25 anos, foi acusado na terça-feira à noite de tentativa de homicídio em ação terrorista.

Na sexta-feira passada, El Khazzani entrou no comboio de alta velocidade em Bruxelas, armado com uma espingarda automática "kalachnikov" (AK-47), 270 cartuchos de munições, uma pistola "Luger", uma garrafa de petróleo e um x-ato.

O homem foi impedido de perpetrar qualquer ataque por dois militares norte-americanos, que se encontravam de férias, um amigo e um consultor britânico de 62 anos.

Na segunda-feira, o presidente francês, François Hollande, condecorou os quatro com a Legião de Honra, a mais alta distinção de França.

Sinalizado pelos serviços de informações em Espanha - onde residiu vários anos - por posições islamitas radicais, Ayub El Khazzani foi sinalizado numa "ficha S", que designa pessoas potencialmente perigosas para a "segurança do Estado".

A sua estada em França, que começou no início do ano passado, decorreu sem incidentes e não foi ativada qualquer vigilância.

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.