sicnot

Perfil

Mundo

Primeira Super Lua do ano é no sábado

A primeira Super Lua do ano ocorre no sábado, quando o satélite natural da Terra, em fase de Lua cheia, parece maior do que o habitual quando está próximo do horizonte.

Reuters

O fenómeno da Super Lua acontece praticamente todos os anos, mais do que uma vez, quando há Lua cheia e a diferença entre os seus instantes e os do perigeu (ponto da órbita da Lua que fica mais perto da Terra) é menor do que um dia e oito horas.

Em 2015, as Super Luas são no sábado, a 28 de setembro e a 27 de outubro.

A "mais favorável" para observar será, contudo, a de 28 de setembro, em que a diferença entre os instantes do perigeu e da Lua cheia é mais curta, de apenas 66 minutos, indica o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL) no seu portal.

A Lua cheia ocorre quando há um alinhamento do tipo Sol--Terra--Lua.

Devido à variação da distância Lua-Terra no perigeu, "nem todas as Super Luas têm o mesmo tamanho aparente e brilho", lembra o OAL.

Na Super Lua de sábado, a distância Lua-Terra no perigeu é 358.289,811 quilómetros, enquanto na de setembro é 356.876,768 quilómetros e na de outubro 358.463,475 quilómetros. Isto acontece porque a órbita da Lua não é circular, é elíptica.

A melhor ocasião para observar a Super Lua é quando a Lua está perto do horizonte, "na altura do seu nascimento, pois ocorre um efeito extra de ampliação", assinala o OAL.

Porém, ressalva, o aumento do tamanho da Lua no horizonte é uma ilusão ótica "produzida por razões ainda não totalmente compreendidas pelos astrónomos e psicólogos".

No sábado, a Lua nasce (aparece no horizonte) às 19:59 (hora de Lisboa), mas os instantes de Lua cheia, quando há um alinhamento do tipo Sol--Terra--Lua, surgem minutos antes, às 19:35. O perigeu lunar é às 16:21 de domingo

  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52