sicnot

Perfil

Mundo

Rei da Arábia Saudita visita os EUA em setembro

A Presidência norte-americana indicou hoje que o rei Salman da Arábia Saudita será recebido em Washington no início de setembro, naquela que será a sua primeira visita à Casa Branca desde que assumiu a liderança do reino petrolífero.

© Jim Bourg / Reuters

"O Presidente [Barack Obama] vai receber o rei da Arábia Saudita a 04 de setembro", afirmou o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, a bordo do avião presidencial Air Force One, confirmando desta forma uma informação avançada por uma fonte diplomática de Riade.

Os esforços comuns dos dois países na "luta antiterrorista", bem como a evolução dos conflitos no Iémen e na Síria vão ser alguns dos temas em foco no encontro entre Obama e o rei saudita, precisou Josh Earnest, acrescentando que esta visita demonstra a importância da parceria estratégica entre Washington e Riade.

O rei Salman, que subiu ao trono saudita após a morte do seu meio-irmão Abdallah em janeiro último, não compareceu em maio passado numa cimeira organizada por Barack Obama na residência presidencial de Camp David.

O encontro Estados Unidos/Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) pretendia tranquilizar os países do Golfo (Arábia Saudita, Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Koweit, Omã e Qatar) face ao programa nuclear do Irão e à crescente influência de Teerão naquela região.

Na altura, a ausência do rei saudita foi interpretada como um sinal de descontentamento por parte de Riade perante a perspetiva de um acordo entre o regime de Teerão e as potências ocidentais sobre o controverso programa nuclear iraniano.

A Arábia Saudita foi então representada pelo príncipe herdeiro Mohammed ben Nayef, bem como pelo filho do rei e ministro da Defesa saudita, o príncipe Mohammed ben Salman.

O acordo sobre o dossiê nuclear iraniano seria alcançado em Viena, Áustria, a 14 de julho.

Lusa

  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Alertas de fogos e outras catástrofes por SMS

    País

    As operadoras de telecomunicações deverão começar já este ano a enviar mensagens de alerta em caso de catástrofes. O sistema de avisos à população deverá entrar em vigor ainda antes da época de incêndios

  • Os grandes desafios de Rui Rio, segundo Poiares Maduro
    7:43

    O ex-ministro de Pedro Passos Coelho, Miguel Poiares Maduro, falou com a SIC sobre o que reserva o futuro para o PSD e quais serão os principais desafios na área económica para a liderança de Rui Rio. O défice, a descentralização, o próximo Orçamento do Estado e a eventualidade de um bloco central foram alguns dos temas da conversa. Uma entrevista transmitida esta quarta-feira, no programa Negócios da Semana.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25
  • Quem é Elon Musk?
    9:42