sicnot

Perfil

Mundo

Suspeitos de morte de 71 migrantes em camião detidos até 29 de setembro

Os quatro suspeitos da morte de 71 migrantes, cujos corpos foram encontrados na quinta-feira num camião abandonado numa autoestrada austríaca, ficarão detidos até 29 de setembro, decidiu hoje a justiça húngara.

© Laszlo Balogh / Reuters

"O período de detenção provisória dos quatro suspeitos foi prolongado até 29 de setembro", anunciou o juiz principal do tribunal de Kecskemét, Ferenc Bicskei, numa conferência de imprensa.

"Se a acusação não for apresentada até aquela data, o juiz considera que aquele período ainda pode ser prolongado", precisou o porta-voz do tribunal, Szabolcs Sarkozy.

Os suspeitos, três búlgaros -- o proprietário do camião e dois motoristas -- e um afegão, suspeitos de serem "os operacionais" de um gangue, foram presentes hoje ao tribunal de Kecskemét, cidade a meio caminho entre Budapeste e a fronteira sérvia, que se tornou um dos principais pontos de entrada na União Europeia para dezenas de milhares de migrantes.

O Ministério Público pediu que os quatro homens - dois com cerca de 30 anos e os outros dois com cerca de 50 - permaneçam sob custódia devido à "natureza excecional do crime, as subsequentes mortes de pessoas no tráfico de seres humanos e a perpetração do ato criminoso de traficar pessoas de forma profissional".

Segundo os primeiros elementos da investigação, as 71 vítimas -- 59 homens, oito mulheres e quatro crianças -- eram possivelmente migrantes sírios e terão morrido asfixiadas.

Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.