sicnot

Perfil

Mundo

Um dos principais comandantes do Boko Haram detido, revela a secreta da Nigéria

O serviço de informações nigeriano anunciou hoje a detenção de suspeitos de serem responsáveis do Boko Haram, entre os quais um dos principais comandantes do grupo radical islâmico, que estarão ligados a vários atentados suicidas em todo o país.

© Stringer . / Reuters

O Departamento de Segurança do Estado (DSS) indicou num comunicado ter detido, entre julho e agosto, Usman Shuiabu, conhecido como Money, e outros membros destacados do grupo fundamentalista, nos estados de Lagos, Kano, Plateau, Enugu e Gombe.

O DSS assinala a detenção "a 08 de julho de 2015, no estado de Gombe (nordeste), de responsáveis pela coordenação e execução dos atentados suicidas de Potiskum, Kano, Zaria e Jos".

"Shuaibu confessou ser o líder de uma equipa de nove membros da seita, enviados da floresta de Sambisa para realizar ataques. Revelou que quatro dos nove foram utilizados como suicidas para cometer atentados", indica o comunicado.

O DSS afirma que a detenção de Shuaibu e dos outros membros daquela célula permite travar os ataques do grupo nigeriano.

Nas últimas semanas, os islamitas realizaram ataques mortíferos ao longo das fronteiras da Nigéria, nos Camarões e no Chade, entre os quais atentados suicidas.

A violência do Boko Haram -- que pretende instaurar um estado islâmico no norte da Nigéria, maioritariamente muçulmano ao contrário do sul de maioria cristã -- e a repressão governamental causaram mais de 15.000 mortos e 1,5 milhões de deslocados desde 2009.

Lusa

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.