sicnot

Perfil

Mundo

Brasil envia Exército para zona de conflitos entre índios e fazendeiros

O Governo brasileiro autorizou hoje o envio do Exército para uma região do estado de Mato Grosso do Sul onde há disputas de terras entre índios e fazendeiros e um guarani-kaiowá foi assassinado no sábado, indicaram fontes oficiais.

© Ueslei Marcelino / Reuters

Os militares reforçam a partir de hoje a segurança em quatro municípios de Mato Grosso do Sul, estado brasileiro fronteiriço com o Paraguai e com uma grande população indígena, precisou o governo regional em comunicado.

A presença do Exército nos municípios de Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista e Ponta Pora, na fronteira com o Paraguai, foi pedida pelo próprio governo de Mato Grosso do Sul numa carta à Presidente brasileira, Dilma Rousseff, após o assassínio do índio guarani-kaiowá Simião Vilhalva.

A vítima, irmão de um líder guarani, foi assassinada em Antônio João, supostamente por pistoleiros a soldo de fazendeiros que pretendiam recuperar uma propriedade que foi tomada pelos índios há uma semana, segundo o Conselho Indigenista Missionário (CIMI), grupo ligado ao Episcopado da Igreja Católica,

O Exército realizará operações para garantir a segurança na região durante pelo menos 30 dias, de acordo com o pedido feito ao Ministério da Defesa pelo governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja.

Segundo o governo regional, num primeiro momento, a mobilização militar incluirá apenas soldados do Exército, mas poderá alargar-se a membros da Marinha e da Força Aérea, caso seja necessário.

Azambuja indicou ter solicitado a intervenção militar depois de receber informações de que "o conflito na região tinha alcançado grandes proporções".

Lusa

  • Costa preparado para falar da renegociação da dívida no plano europeu
    2:24

    Economia

    O primeiro-ministro não quer quebrar com as regras impostas pela UE e não vai dar o primeiro passo na renegociação da dívida, mas estará na linha da frente quando Bruxelas ceder. Em entrevista à RTP, António Costa garante que o Governo cumpriu tudo aquilo que acordou com o presidente demissionário da Caixa Geral de Depósitos, António Domingues.

  • Benfica persegue oitavos da Liga dos Campeões

    Desporto

    O Benfica tenta hoje a qualificar-se para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, procurando uma vitória na receção ao Nápoles que lhe permita vencer o Grupo H e manter-se a salvo do perseguidor Besiktas.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.

  • Nova Deli é "altamente tóxica" para os cidadãos

    Mundo

    Nova Deli foi considerada altamente tóxica para os cidadãos. A capital da Índia é considerada há mais de três anos a cidade mais poluída do mundo, mas só este ano se concluiu que é tão tóxica que é capaz de provocar doenças crónicas a quem lá vive.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.