sicnot

Perfil

Mundo

Publicados novos emails de Hillary Clinton, incluindo um enviado a Assange

O Departamento de Estado norte-americano publicou na segunda-feira 7 mil páginas de correio eletrónico enviadas ou recebidas por Hillary Clinton, durante o mandato de secretária de Estado (2009-2013), incluindo um enviado ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange.

Este ano, Hillary Clinton viu-se envolvida em polémica quando se preparava para lançar a sua corrida presidencial, na sequência da revelação de que tinha usado o correio eletrónico privado para assuntos de interesse nacional.

Este ano, Hillary Clinton viu-se envolvida em polémica quando se preparava para lançar a sua corrida presidencial, na sequência da revelação de que tinha usado o correio eletrónico privado para assuntos de interesse nacional.

© Scott Morgan / Reuters

O novo pacote consiste em 4368 'e-mails' em cerca de 7000 páginas, o maior número publicado até à data, e inclui cerca de 150 mensagens eletrónicas parcialmente censuradas, já que contêm informação que foi classificada durante a revisão das mesmas para publicação.

Embora a maior parte se trate de 'emails' de rotina que a ex-secretária de Estado e atual aspirante à nomeação democrata para as eleições presidenciais de 2016 trocava com assistentes e funcionários, há uma mensagem recebida a 27 de novembro de 2010 e dirigida ao fundador do WikiLeaks.

A mensagem foi enviada por Harold Hongju Koh, então assessor legal do departamento de Estado, à advogada de Julian Assange, Jennifer Robinson, com cópia para Clinton.

No 'email', Koh diroige-se a Robinson e a Assange em referência à possível publicação de 250 mil documentos classificados do Governo dos Estados Unidos na posse da WikiLeaks.

"Apesar do desejo expresso de proteger as vidas (de jornalistas, ativistas dos direitos humanos, autores de blogues e soldados), fez o contrário e colocou em perigo as vidas de vários indivíduos", disse o funcionário a Assange.

Este ano, Hillary Clinton viu-se envolvida em polémica quando se preparava para lançar a sua corrida presidencial, na sequência da revelação de que tinha usado o correio eletrónico privado para assuntos de interesse nacional.

Perante essa situação, a oposição republicana exigiu que fossem tornadas públicas as comunicações que Hillary Clinton manteve a partir da sua conta pessoal e que alegadamente poderiam comprometer a segurança do país.

Atendendo aos pedidos dos republicanos e aos da própria Hillary Clinton, que insistiu para que se publicassem de forma a eliminar as dúvidas, em maio o departamento de Estado desclassificou cerca de 300 mensagens, a maioria relativa ao atentado contra locais do Consulado dos Estados Unidos em Bengazi, na Líbia.

Essas mensagens de correio eletrónico tinham sido revistas pelo Comité da Câmara de Representantes que investigam o atentado do 11 de setembro de 2012 em que morreu Chris Stevens, embaixador dos Estados Unidos na Líbia, e outros três cidadãos norte-americanos.

No mês passado também foram publicadas 3000 páginas correspondentes a cerca de 1900 mensagens de correio eletrónico da antiga secretária de Estado.

Lusa

  • Nomeados para os Óscares são anunciados hoje

    Óscares 2017

    As nomeações para a 89ª. edição dos Óscares, os prémios da Academia norte-americana de cinema, são conhecidos esta terça-feira e pela primeira vez o anúncio será feito apenas via Internet. Para ver também aqui em direto, na SIC Notícias, a partir das 13:00.

    Aqui às 13:00

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • "Todo o mundo no voo estava a orar em voz alta"
    4:00
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.