sicnot

Perfil

Mundo

Seis mortos em ataque no Paquistão, junto à fronteira com Afeganistão

Pelo menos seis pessoas morreram e 31 ficaram feridas na sequência de um atentado perpetrado por um bombista suicida no exterior de um escritório governamental no noroeste do Paquistão, escreve a agência France Press.

Entre as vítimas mortais havia quatro polícias de uma unidade tribal e mais de 15 elementos das autoridades locais ficaram feridos, incluindo quatro em estado crítico. (Arquivo)

Entre as vítimas mortais havia quatro polícias de uma unidade tribal e mais de 15 elementos das autoridades locais ficaram feridos, incluindo quatro em estado crítico. (Arquivo)

© Khuram Parvez / Reuters

O ataque ocorreu na localidade de Jamrud, no distrito de Khyber, que faz fronteira com o Afeganistão, onde os militares combatem os talibãs e grupos islamitas.

"Pelo menos seis pessoas morreram e outras 31 ficaram feridas quando um bombista suicida se fez explodir à entrada do edifício", disse o responsável das autoridades locais à AFP.

Entre as vítimas mortais havia quatro polícias de uma unidade tribal e mais de 15 elementos das autoridades locais ficaram feridos, incluindo quatro em estado crítico, informou Shah.

Nek Mohammad - outro funcionário - confirmou o ataque.

A responsabilidade do ataque ainda não foi reivindicada.

Grupos talibãs e islamitas têm levado a cabo vários ataques contra as autoridades locais.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52